Empreendedorismo nas escolas: AEM com presença significativa

0102

No dia 22 de março realizou-se no auditório da EPVL a 4ª edição do Concurso Municipal de  Ideias de Negócio promovido pela Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra. No concurso participaram, com 6 projetos, 17 alunos da Escola Secundária da Mealhada e, com 3 projetos, 9 alunos da EPVL .

Os alunos José Cruz, José Jesus, Nuno Laranjo, Eros Ferreira, André Moreira e Miguel Gomes, do 12º ano do curso de Ciências e Tecnologias, Débora Cruz, Lucas Pereira, Luís Dias, Filipa Cruz, Matilde Rocha e Mariana Ferreira, do 11º ano do curso de Línguas e Humanidades, Rodrigo Quaresma, e Samuel Rodrigues, do 10º ano do curso profissional de Técnico de Multimédia, Cláudia Parreira, José Lopes e Cátia Pereira, do 12º ano do curso Profissional de Técnico de Multimédia, apresentaram ao júri do concurso os projetos que desenvolveram no âmbito do projeto  “Empreendedorismo nas Escolas”, com a coordenação dos docentes Graça Inácio, Cristina Quaresma , Ana Melo e a colaboração das professoras Rute Folhas e Guida Lacerda.

A ideia selecionada pelo júri do concurso e que representará o município no dia 2 de abril, em Tábua,  no Concurso de Ideias Intermunicipal, foi o projeto JoyMagnet dos alunos José Cruz, José Jesus e Nuno Laranjo.

No mesmo evento esteve a turma C do oitavo ano da Escola Básica n.º2 da Mealhada, orientada pela professora Ilda Ribeiro, a apresentar o trabalho desenvolvido até ao momento na construção da empresa. Irão representar o município no Concurso Intermunicipal “ExpoEmpresas” que se realizará no dia 27 de maio, em Mangualde.

Edgar Allan Poe: todos os contos

Poe_ Todos os Contos

Edgar Allan Poe

Todos os Contos

Tradução: J. Teixeira de Aguilar

Edgar Allan Poe é um dos autores mais publicados do mundo, conhecido pela genialidade expressa também nos seus famosos contos de terror e em algumas das histórias de detectives mais macabras jamais escritas, como A Queda da Casa de Usher, Os Crimes da Rua Morgue ou O Escaravelho de Ouro. Notável mestre do suspense, Poe também era poeta e, como demonstram os seus contos sobre hipnotismo e viagens no tempo, foi um pioneiro da ficção científica.
A presente edição reúne todos os contos deste autor clássico da literatura universal e decorre da edição ilustrada anteriormente publicada em dois volumes.

«Pelo mistério, pela invenção, pela noturna iluminação que faz com que mesmo a sua escrita mais sombria cintile como o momento antes da madrugada
António Mega Ferreira

Edgar Allan Poe: contos fantásticos

poe contos

Edgar Allan Poe: contos fantásticos

Biografia

Livro recomendado pelo Plano Nacional de Leitura 9.º Ano de escolaridade

Leitura orientada na Sala de Aula – Grau de dificuldade III

«Que ela me amasse não podia duvidar, e era-me fácil adivinhar que, num peito como o seu, o amor não devia reinar como paixão vulgar

«Acreditai nisto, ao fim ao cabo, a Literatura é a mais nobre das profissões.»

Edgar Allan Poe

 

 

 

Clarice Lispector: A Descoberta do Mundo

lispector descoberta

Clarice Lispector (bio)

A descoberta do mundo

livro de crónicas

«Escrevia acerca dos filhos, dos amigos, das empregadas, da sua infância, das viagens, de tal forma que A Descoberta do Mundo, uma colectânea com os artigos que escreveu nas suas colunas, publicada postumamente, pode considerar-se quase uma autobiografia

Benjamin Moser, em Clarice Lispector, Uma Vida

O jornal Público publicou algumas destas crónicas. Experimenta este.

Morreu Hans Rosling

88407_800x600

notícia do publico-pqno

«Era quase sempre apresentado como um guru da visualização estatística ou alguém capaz de tornar os números algo divertido. Ou, como escreve o Guardian, o homem que “fazia os números cantar”. O académico, médico e estatístico sueco Hans Rosling morreu nesta terça-feira, aos 68 anos, anunciou o filho, Ola. (…)

(…) ligação especial de Hans Rosling a Portugal, porque falava português (…)

“Ele alertou para um paradoxo português. Tivemos uma evolução enorme na esperança média de vida e, ao mesmo tempo, somos do ponto de vista económico um país frágil”, conta David Lopes, prosseguindo. “Tentou interpretar estes dados e disse: ‘ou vocês têm um estilo de vida extraordinário, com o clima e a gastronomia a ajudarem, ou então têm um Serviço Nacional de Saúde muito bom. Ou então são as duas coisas’”, recorda David Lopes, acrescentando que a resposta é mesmo “as duas coisas”.

Sublinhando que Hans Rosling também deixou um outro alerta sobre o caso português – “a nossa taxa de fecundidade é uma das mais baixas do mundo e ele deixou um aviso de bastante preocupação” – David Lopes não hesita em responder que a obra e visão deste estatístico sueco terão continuidade, um pouco por todo o mundo.»