Poesia

As pontes da vida : do sofrimento nasce poesia

Vítor Gomes e Alfredina Ribeiro 

A Alfredina Ribeiro foi-lhe diagnosticada Ataxia de Friedrich e a Vítor Gomes Esclerose lateral amiotrófica. Foram viver para a Obra Social do Pousal, instituição especializada neste género de doenças que provocam deficiências profundas.

Da sua luta contra a dor nasceu este livro.

Advertisement

Azulejos em Portugal

Fotografia: Libório Manuel Silva

Coordenação científica: Rosário Salema de Carvalho

Centro Atlântico 2017

Mostra os 40 locais com revestimentos em azulejo que, pela sua excepcionalidade, foram considerados Maravilhas de Portugal, numa cronologia extensa que começa na viragem para o século XVI e termina na actualidade. As fotografias revelam características únicas destes monumentais conjuntos cerâmicos, conduzindo o olhar do leitor a experiências de leitura ímpares.
Os textos dos mais reputados investigadores, com as suas perspectivas actualizadas, fruto de estudos recentes, guiam o leitor através das ruas das cidades e dos seus equipamentos, assim como nos interiores de igrejas e palácios, de Norte a Sul de Portugal. A Fotografia e a História da Arte aliam-se, assim, nesta obra para construir um mapa muito particular de uma das artes que é justamente considerada um factor diferenciador da cultura portuguesa.


«Entre as modalidades que caracterizam a cultura artística do nosso país em termos de prática continuada e de peso identitário, o Azulejo assume, por certo, um lugar de grande destaque.
Desde o século XV e até aos nossos dias, com fases em que esse uso chegou a ser quase totalitário, a prática dos revestimentos azulejares contribuiu para requalificar os espaços da arquitectura, que assim assumiu, de forma significativa, uma dimensão mais cenográfica e vernacular. As articulações das formas construídas com o seu recheio azulejar são sempre sábias de elaboração, coerentes de efeito geral e felizes no resultado visual a que conduzem.
Quando admiramos – como sucede neste livro – tantos espaços intestinos de igrejas barrocas integralmente revestidos de azulejos, seja de padronagem policromia como de figuração azul e branca, ou em fachadas de casas a que a azulejaria emprestou uma plasticidade luminosa e ardente, é certo que estamos perante uma arte maior, em que o talento dos portugueses transbordou em soluções plenas de originalidade. São soluções sempre distintas, usadas num afã de cobrir os panos murários com a plasticidade das formas e cores da cerâmica pintada. Fossem eruditos ou ingénuos, os pintores de azulejo usaram este género artístico como expressão ímpar das decorações integrais, o que transforma esta arte num unicum no contexto internacional.
O ARTIS – Instituto de História da Arte, enquanto centro de investigação universitário, associa-se à paternidade científica desta obra, produzida por iniciativa de Libório Manuel Silva, a quem se deve o esmerado corpo fotográfico do presente livro. Destaque-se, enfim, o esforço de investigação científica pluridisciplinar, que teve como pólo agregador a coordenação da Rede de Investigação em Azulejo, grupo de pesquisa do referido centro que, para o efeito, congregou historiadores de arte, muitos deles das mais novas gerações de estudiosos. Pensamos vir ao encontro das referências incontornáveis neste campo, como o foram José Queirós, Vergílio Correia, Reynaldo dos Santos e João Miguel dos Santos Simões, para quem o Azulejo português é a mais fundamental das manifestações artísticas no sentido da caracterização da identidade cultural portuguesa.
Estamos certos de que assim contribuímos para o reconhecimento de um património artístico que, sendo de âmbito nacional, possui inegáveis valências universais.»


As Cem Linguagens das Crianças

As Cem Linguagens das Crianças incorpora os contributos, entre muitos outros, de Giulio Carlo Argan, Andrea Branzi, Jerome Bruner, Paola Cagliari, Tullio De Mauro, Jurij Ljubimov, Loris Malaguzzi, Clotilde Pontecorvo, Carla Rinaldi e Vea Vecchi e apresenta, através de uma extensa e diversificada documentação, a evolução da experiência pedagógica em Reggio Emilia e do pensamento de Loris Malaguzzi.

Trata-se do catálogo da exposição que viaja com sucesso há mais de 35 anos em todo o mundo.

O Legado de Mandela

O Legado de Mandela

Richard Stengel

Planeta

Livro profundamente inspirador e instiga-nos a reavaliar coisas que tínhamos dado por adquiridas e a refletir sobre a herança que deixamos.

Ansiamos por heróis, mas os heróis são poucos. Nelson Mandela liderou a libertação de um país de um sistema de preconceito violento e ajudou a unir opressores e oprimidos como nunca acontecera.

Richard Stengler, o editor da revista Time, resumiu inúmeras horas de conversas com Mandela numa síntese de quinze lições essenciais.

Através do ponto de vista dos momentos em que Mandela foi posto à prova, percebemos por que motivo insistiu em manter perto de si os rivais, que a coragem é mais do que a ausência do medo e por que razão uma resposta não tem de ser Sim ou Não mas: Talvez uma coisa e a outra, como é importante que cada um de nós encontre o seu próprio jardim interior para cuidar.

Este livro é pequeno, mas profundamente inspirador.

Captura o espírito desse homem extraordinário.

Histórias da Ajudaris

Mais um volume das Histórias da Ajudaris.

Conta com a participação de alunos do Agrupamento de Escolas da Mealhada.

Para cada texto há uma ilustração original.

Esta publicação tem como padrinhos: Guilherme d`Oliveira Martins | Mercedes Balsemão

A capa é de Célia Fernandes e o design e a conceção gráfica de Rita Gomes

Amostra

A Ajudaris é uma associação particular de carácter social e humanitária de âmbito nacional, sem fins lucrativos, que luta diariamente contra a fome, pobreza e a exclusão social. Foi fundada em Julho de 2008 e considerada de Utilidade Pública desde Outubro do mesmo ano. Trata-se de um IPSS – Instituição Particular de Solidariedade Social.

Foi fundada por um grupo de voluntários que, pontualmente, faziam Intervenção Social, no terreno, junto de populações mais carenciadas do Grande Porto. Perante os constantes apelos da comunidade apoiada, surgiu a necessidade de criar respostas mais regulares, organizadas e eficientes que visam o desenvolvimento de um trabalho multidisciplinar.


Lendas e Romarias da Beira – Narrativas com Identidade

Edição da Alma Azul, o livro “Lendas e Romarias da Beira – Narrativas com Identidade” com a coordenação de Elsa Ligeiro.

Inclui material de informação sobre romarias: Santa Apolónia, Alcains; Senhora de Mércoles, de Castelo Branco; Santa Bárbara, da Lousa; Senhora da Orada, de São Vicente da Beira; o Anjo da Guarda, de Alpedrinha; São Macário, do Alcaide. A autora aborda a memória e com ela criar uma relação literária com a etnografia, integrando a escrita e a leitura numa representação literária do ancestral e praticar uma reflexão sobre os rituais que sobrevivem em plena idade tecnológica.


Atividades do CE da Pampilhosa em Padlet

(clicar na imagem)

A Biblioteca da Escola Básica n.º 1 da Pampilhosa (ou Centro Escolar ou Centro Educativo) está este ano a ser dinamizada pela professora Marlene Isabel Duarte Lopes.

A aplicação Padlet permite reunir informação de uma forma estrutura e acessível.

A nossa colega Marlene construiu este Padlet com o intuito de mostrar o que se faz na biblioteca e dar notícia dos eventos que já se promoveram neste ano letivo.

Avaliação

Apresentação da avaliação em Conselho Pedagógico:

Nota: esta apresentação é interativa.
Significa que muitos dos “objetos” necessitam que se coloque o rato do computador ou dispositivo análogo sobre eles para aceder à informação que contêm. Em certos casos estabelecem-se hiperligações para outras páginas. Os restantes consistem em imagens ou textos com conteúdos ocultados por razões relacionados com a organização visual da informação, por forma a evitar o excesso de elementos em cada dispositivo.

Para se ter acesso óptimo à apresentação, aconselha-se que se utilize a funcionalidade “Full screen” contida nos 3 pontos colocados no canto inferior direito da imagem.

Livro eletrónico: receitas saudáveis

Foi publicado em papel o “Livro de Receita – bolachas e biscoitos saudáveis”, elaborado pelos alunos:

  • Diana Madeira Ferreira,
  • João Pedro Ferreira Rodrigues e
  • Mariana Catalão Morais,

alunos da Escola Básica n.º 2 da Mealhada no ano letivo de 2021/22

sob a supervisão da Professora Virgínia Delgado


O livro eletrónico foi editado pela

Equipa das Bibliotecas Escolares

do Agrupamento de Escolas da Mealhada

em 2022