Morreu Hans Rosling

88407_800x600

notícia do publico-pqno

«Era quase sempre apresentado como um guru da visualização estatística ou alguém capaz de tornar os números algo divertido. Ou, como escreve o Guardian, o homem que “fazia os números cantar”. O académico, médico e estatístico sueco Hans Rosling morreu nesta terça-feira, aos 68 anos, anunciou o filho, Ola. (…)

(…) ligação especial de Hans Rosling a Portugal, porque falava português (…)

“Ele alertou para um paradoxo português. Tivemos uma evolução enorme na esperança média de vida e, ao mesmo tempo, somos do ponto de vista económico um país frágil”, conta David Lopes, prosseguindo. “Tentou interpretar estes dados e disse: ‘ou vocês têm um estilo de vida extraordinário, com o clima e a gastronomia a ajudarem, ou então têm um Serviço Nacional de Saúde muito bom. Ou então são as duas coisas’”, recorda David Lopes, acrescentando que a resposta é mesmo “as duas coisas”.

Sublinhando que Hans Rosling também deixou um outro alerta sobre o caso português – “a nossa taxa de fecundidade é uma das mais baixas do mundo e ele deixou um aviso de bastante preocupação” – David Lopes não hesita em responder que a obra e visão deste estatístico sueco terão continuidade, um pouco por todo o mundo.»

Série integral “Sandman”, por Neil Gaiman

A Levoir e o Público publicaram a edição integral da série original de Sandman, escrita por Neil Gaiman. São 11 volumes em edição de coleccionador, em capa dura, dos quais 9 inéditos em português europeu.

Títulos da colecção:

1.-Prelúdios e Nocturnos
2.-Casa de Bonecas
3.-Terra do Sonho
4.-Estação das Brumas
5.-Um Jogo do Ti
6.-Fábulas e Reflexões
7.-Vidas Breves
8.-A Estalagem no Fim do Mundo
9.-As Benevolentes 1
10.-As Benevolentes 2
11.-A Vigília

“A história de SANDMAN leva-nos numa fantástica e fantasiosa viagem pelo mundo dos sonhos, centrando-se na vida do seu principal protagonista, justamente Sandman, senhor da Terra dos Sonhos, e dono de muitos nomes, como Sonho ou Morfeu. Sandman foi publicada originalmente e mensalmente pela editora DC, sob o selo da Vertigo, no período compreendido entre Janeiro de 1989 e Março de 1996.” in notas bedéfilas

Mais informações:apresentação /  wiki

 

Eugénio de Andrade: poesia para o 1.º ano

e_a_

Apresentação

Documento gráfico

A “Educação Literária” para alunos do primeiro ano de escolaridade prevê a leitura de 8 poemas de Eugénio de Andrade contidos no seu livro “Aquela nuvem e outras”.

Para uma primeira sessão, seleccionámos 4 poemas que considerámos mais adequados ao nível da leitura e escrita dos alunos, ou seja, os mais simples e curtos, para fácil assimilação por crianças do primeiro ano.

Por outro lado, queríamos poemas que demonstrassem alguns recursos estilísticos próprios do género literário, nomeadamente a rima. É muito importante, no nosso entendimento, que mais do que fazer uma análise formal dos poemas, pouco interessante neste nível de escolaridade, transmitir aos alunos a “musicalidade” da poesia. Por isso, escolhemos as peças que nos pareceram mais expressivas e procurámos declamá-las de acordo com essa musicalidade.

Elaborámos uma apresentação em que a parte visual beneficiasse a compreensão dos poemas, em particular no que respeita a certo vocabulário que as crianças pudessem não conhecer. O documento gráfico serve para que os alunos fiquem com os elementos de informação recolhidos e para sugerir algumas atividades.

Os documentos são de uso livre.

Fizemos uma sessão na E.B. de Barcouço e correu bem.

Mia Couto: apresentação

imagem1

Apresentação

Documento gráfico

A propósito da componente curricular “Educação Literária”, foi solicitada à equipa da biblioteca que apresentasse elementos biográficos do autor Mia Couto a alunos do 4.º ano de escolaridade.

Fomos pesquisar os elementos biográficos do autor e deparámo-nos com um sítio dedicado que tem como página de acolhimento a imagem acima reproduzida (que é também uma hiperligação ao referido sítio). Embora desactualizado, pois falta a referência às últimas obras publicadas, pareceu-nos um bom ponto de partida.

Completámos as informações com  a consulta ao sítio da editora em Portugal, a Caminho,  de onde também retirámos imagens das capas dos livros que incluímos na apresentação.

Fizemos ainda uma pesquisa pelas fotos disponíveis na Internet para incluir na apresentação.

A partir da apresentação, elaborámos um documento gráfico para que os alunos fiquem com os elementos de informação recolhidos.

Os documentos são fornecidos de maneira a poderem ser editados, quer no caso de conterem erros e omissões, quer para actualização ou adaptação. O uso é livre.

Fizemos uma sessão na E.B. de Barcouço e correu bem.