Clássico da literatura distópica

admiravel

Admirável Mundo Novo

de

Aldous Huxley

)xxx(

Tradução

Mário-Henrique Leiria

Aldous Huxley: escritor inglês nascido a 26 de Julho de 1864, no Surrey (Inglaterra), e falecido a 22 de Novembro de 1963, em Los Angeles (EUA). Neto do biólogo Thomas Henry Huxley e filho do escritor Leonard Huxley, estudou em Eton e formou-se no Balliol College de Oxford em 1916.
As personagens principais dos seus primeiros livros, como Crome Yellow (1921), Antic Hay (1923), Those Barren Leaves (1925) e Point Counter Point (1928), são geralmente intelectuais e escritores, traçando-se o retrato por vezes irónico e satírico das suas pretensões e desilusões. A partir deste tema, Huxley alarga-se para o tema maior do vazio da sociedade do século XX em livros como Brave New World (Admirável Mundo Novo, 1932). Posteriormente, interessou-se pelo misticismo e pela filosofia hindu: Eyeless In Gaza (1936) e The Perennial Philosophy (1946).
Em 1954 publicou The Doors of Perception, onde relata as suas experiências com a mescalina.

Nesta obra, o autor cria uma sociedade que, devido à procura incessante da perfeição, rende-se à tecnologia e à ciência. Tenta assim abolir tudo aquilo que nos torna humanos.

Futura série (2020): IMDB


A sociedade justa

teoria justica

 

Uma Teoria da Justiça

por John Rawls

 

Publicada em 1971, é a obra que mais marcou a filosofia política do século XX. É por isso um texto incontornável nesta área do saber, e nele o autor propõe um itinerário para a descoberta e fundamentação racional dos princípios que devem reger a sociedade justa com base numa argumentação que se situa na confluência de duas correntes culturais distintas: a do utilitarismo e a das teorias do contrato social.

Intervir numa situação de doença neuromuscular

inclusiva

Publicado a 6 de julho de 2018, o Decreto-Lei n.º 54/2018 reitera o compromisso nacional com a educação inclusiva enquanto processo que visa responder à diversidade de necessidades dos alunos através do aumento da participação de todos na aprendizagem e na vida da comunidade escolar.

A este pretexto, no dia 6 de novembro de 2019 decorreu na biblioteca da Escola Básica n.º2 da Mealhada, uma sessão de formação com o fim de mostrar como intervir numa situação de doença neuromuscular. Tratou-se de uma sessão conjunta envolvendo Educação, Saúde, Sociedade e Família, de acordo com uma perspetiva de “Educação/ Sociedade Inclusiva”,

É inegável que esta é uma missão exigente para profissionais, escola, comunidade e sociedade mais alargada. É uma missão de compromisso ético e social que a todos convoca na reflexão e na ação.