AEMealhada – E@D (Ensino @ Distância): como vai funcionar

Mensagem do Sr. Diretor do Agrupamento de Escolas da Mealhada:

Exmos. Alunos,

Exmos. Encarregados de Educação,

Em nome da V/ Escola e meu nome pessoal, faço votos para que, dentro das contingências atuais, tudo esteja bem com todos e enfatizo a disponibilidadde da Escola para apoiar em tudo o que esteja ao nosso alcance e possa ser necessário.

Venho ao contacto para informar quanto ao funcionamento da Escola para o terceiro período letivo.

A Escola tem preparado um Plano Organizacional que aguardava os esperados anúncios de quinta-feira passada por parte do Sr. Ministro da Educação e Ciência, plano esse que será agora submetido à apreciação do Conselho Pedagógico (na próxima terça-feira, 14/04) e do Conselho Geral (na próxima quinta-feira, 16/04). Espero, assim, poder dar conhecimento do mesmo na próxima sexta-feira (17/04), por forma a entrar em vigor no dia 20/04, segunda-feira.

Desde já informo que, digitalmente, a Escola estará “localizada” em Microsoft Office365, plataforma eletrónica já há alguns anos instalada na Escola.

Neste momento, foram já criadas contas de correio eletrónico Office365/AEMealhada.pt  para acesso de todas as Crianças e Alunos ao sistema, o qual compreende todas as ferramentas Microsoft Office; está a decorrer até ao dia de amanhã (14/04) processo de recolha e atualização de endereços de correio eletrónico de Alunos e Encarregados de Educação, para os quais serão remetidas as credenciais pessoais Office365/AEMelhada.pt. Após primeiro acesso ao sistema com as credenciais aemealhada.pt, os utilizadores poderão instalar o Office, completo, em até cinco computadores pessoais.

Para a atividade letiva, será particularmente relevante a aplicação Microsoft Office365 TEAMS, na qual decorrerão as atividades letivas e onde já se encontram recriadas todas as turmas com todos os Professores.

Encontra-se a decorrer, também até amanhã (14/04) e via Diretor de Turma/Educadora/ Professor Titular de Turma, levantamento pormenorizado de disponibilidade de meios informáticos por parte dos Alunos/Crianças em casa, para conhecimento de casos necessitados. Na sequência, pretendemos afetar computadores/tablets da Escola ou a adquirir pela Câmara Municipal da Mealhada, que já mostrou disponibilidade para tal, nas residências.

No entretanto, retomando-se, conforme calendário escolar em vigor, as atividades letivas amanhã, dia 14 do corrente, importa informar e instruir quanto ao desenvolvimento da atividade letiva durante os dias 14 a 17 de abril corrente.

Assim, para desenvolvimento das atividades letivas:

a) durante os dias 14 a 17 de abril,o trabalho a realizar com e pelos Alunos deve ser assíncrono (ou seja, sem contacto simultâneo, seja por voz, seja por vídeo), por forma, nomeadamente, a viabilizar a realização das reuniões previstas no cronograma do processo de aprovação da proposta de plano organizacional AEMealhada/E@D;

b) os Docentes, no primeiro dia de aulas do 3.º período letivo (14 de abril, terça-feira), remetem aos respetivos Alunos, por correio eletrónico ou via que tenham por mais expedita e eficiente, cronograma de atividade para os dias 14 a 17 de abril, com indicação expressa de temas/conhecimentos/competências e tarefasconexas a realizar e modo de verificação e/ou autoverificação de aprendizagens; a autoverificação de aprendizagens poderá consistir, nomeadamente, no uso de questionário online com devolução imediata de resultados, ou lista de respostas, a enviar aos Alunos;

c) para os alunos sem computador mas contactáveis, o Docente:

  • informa o Aluno de que deve levantar os materiais em local conforme quadro infra;
  • faz aquela remessa para os competentes serviços da Câmara Municipal da Mealhada para o endereço educacao@cm-mealhada.pt, que procederão à impressão e entrega;
  • em “Assunto”, escreve AEM/E@D: [nome do Aluno];
  • no campo de mensagem, logo na primeira linha, escreve o local de residência do Aluno e o local de levantamento dos materiais;
  • os locais de levantamento dos materiais são os seguintes:

 

Freguesia de residência Local de levantamento Horário para levantamento
Luso Centro Escolar do Luso Todos os dias úteis
12:00 – 13:00 hs.
Vacariça
Antes Jardim de Infância de Antes
Ventosa do Bairro
Arinhos
Mealhada Centro Escolar da Mealhada
Pampilhosa Escola Básica N.º 2 da Pampilhosa
Canedo Jardim de Infância de Canedo
Carqueijo Jardim de Infância de Carqueijo
Casal Comba Junta de Freguesia de Casal Comba
Pedrulha
Silvã
Vimieira
Barcouço Escola Básica de Barcouço

d) o volume de trabalho requerido para a realização das tarefas a indicar pelos Docentes não deve ser superior a metade da carga horária semanal da respetiva disciplina, com exceção para as disciplinas sujeitas a exame nacional, às quais deve ser dada prioridade absoluta neste momento na gestão de tempo e requisição de disponibilidade dos Alunos e Famílias;

e) o cronograma e ficheiro de atividades de cada disciplina deve ser partilhadopelo respetivo Docente no separador “Ficheiros” da equipa do respetivo Conselho de Turma em TEAMS, competindo ao Diretor de Turma/Professor Titular de Turma supervisionar (não aplicável na Educação Pré-escolar);

f) os Alunos devem desenvolver a respetiva atividade em horário semanal coincidente com o horário semanal em vigorantes da suspensão das atividades letivas presenciais, por forma a constituir referência de organização semanal para Docentes, Alunos e Famílias, sem risco de sobreposição de atividade e prazos por parte de disciplinas diferentes e sem necessidade de gestão de articulação entre Docentes ou por parte do Diretor de Turma/Professor Titular de Turma;

g) das atividades letivas desenvolvidas é feito sumário e registo de participação (assiduidade) dos Alunos/Crianças no programa INOVAR/Alunos/AEMealhada; as ausências registadas são consideradas justificadas, importando para efeitos estatísticos e de acompanhamento.

Em caso de necessidade de apoio na utlização de meios informáticos, pode solicitar-se ajuda à Equipa de Apoio Tecnológico, via formulário eletrónico disponível no sítio internet AEMealhada-digital (“clic” para ir), onde também se encontram inventariados recursos e ferramentas de ensino à distância, alguns dos quais a serem usados pelos Docentes.

Alguns Alunos e Encarregados de Educação não receberão, ainda, o presente correio, em virtude de ainda não se ter conseguido, ou não ter sido possível, atualização dos respetivos endereços.

Espero, com as presentes determinações, ter tido o cuidado de não fazer da Escola uma sobrecarga em casa e de estarmos a contribuir para melhor organização da vida familiar.

E termino, apelando ao sentido de responsabilidade dos Alunos, pela oportunidade de desenvolverem a sua autodisciplina e insubstituível empenho pessoal, de que serão os primeiros beneficiados.

Continue, a Escola, a ser ponto de encontro.

Com votos de boa saúde

e os melhores cumprimentos,

 

Fernando José Nunes Trindade

(Agrupamento de Escolas da Mealhada,

Diretor)

Plano de contingência COVID-19

PLANO DE CONTINGÊNCIA

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO

Na atual situação relacionada com o COVID-19, as Autoridades de Saúde Nacionais determinam, a todos os serviços ou estabelecimentos, a elaboração de planos de contingência que minimizem o risco de contágio e permitam o bom funcionamento das atividades essenciais.
Para o efeito, a Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares (DGEstE), via Orientação de 5/03/2020, emitiu um conjunto de instruções gerais a adaptar pelas Escolas às respetivas circunstâncias e caraterísticas, observando as informações e orientações emitidas pela Direção-Geral de Saúde (DGS), das quais se destacam a INFORMAÇÃO 005/2020, de 27/02/2020, e a ORIENTAÇÃO 006/2020, de 26/02/2020, que são atualizadas pela DGS de acordo com a evolução da situação.
A aplicação das medidas previstas no plano de contingência não prejudica a aplicação das recomendações e informações emitidas e a emitir pela DGS.

COVID 1COVID 11

Dia do Diploma

No dia 19 de Outubro, o Agrupamento de Escolas da Mealhada realizou o seu Dia do Diploma, no Cineteatro Messias, no âmbito do disposto na Lei nº 51/2012, de 05 de setembro (Estatuto do Aluno e Ética Escolar), que estipula como direitos do aluno “ver reconhecidos e valorizados o mérito, a dedicação e o esforço no trabalho e no desempenho escolar” e “ver reconhecido o empenhamento em ações meritórias, em favor da comunidade em que está inserido ou da sociedade em geral, praticadas na escola ou fora dela”.

Dado o elevado número de alunos e de famílias envolvidos, tem-se dividido a cerimónia em duas partes. Este ano, a primeira sessão foi reservada para a entrega de diplomas aos alunos até ao 8.º ano de escolaridade e a segunda aos restantes estudantes.

As apresentadoras são ou foram alunas do Agrupamento:

Os diplomas foram entregues pelos Directores de Turma, pelos Coordenadores de Estabelecimento das Escolas Básicas n.º 2 da Mealhada e da Pampilhosa, por dois membros da Direcção da Associação de Pais, pelo Coordenador dos Assistentes Operacionais, pelo Vice-Presidente da Câmara Municipal e pelo Director do Agrupamento:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Houve atuações de dois grupos de bailado:

da claque que participou nas Escolíadas pela equipa da Escola Secundária:

Este slideshow necessita de JavaScript.

e de um coro:

coro (4)

Houve discursos:

Os finalistas levaram o seu Diploma:

Este slideshow necessita de JavaScript.

O Cine-Teatro esteve cheio das duas vezes:

 

 

Semana de Ação pelo Clima

000000

Os alunos do 8º B2 do Agrupamento de Escolas da Mealhada não quiseram ficar indiferentes na Semana de Ação pelo Clima. Assim, durante esta semana, escreveram  a letra de uma música e decidiram percorrer o Parque da Cidade no dia 27 de setembro. Neste dia, vestiram camisolas amarelas (para representar a Amnistia Internacional) e verdes ( cor da clorofila e consequentemente dos cloroplastos, estruturas celulares onde se realiza a fotossíntese). Optaram por não usar cartazes, para não utilizar papel que se obtém de árvores.

0000000

Durante o seu percurso apelaram à proteção do nosso planeta entoando a canção que elaboraram:

Foi na Terra que eu nasci

E foi cá que eu cresci

Nasci para te ajudar

E o nosso mundo melhorar

 

Está na hora de agir

O planeta estamos a destruir

 

Sou protetor do ambiente eu sou

Ser sustentável eu vou

Para o mundo salvar

(2x)

Natação – Desporto Escolar

received_568927116961406

No passado dia 16 de janeiro (quarta-feira), no âmbito do DESPORTO ESCOLAR, decorreu a 1.ª concentração de natação da série A, nas Piscinas Municipais da Mealhada.
Para além dos alunos do Agrupamento de Escolas de Mealhada, estiveram presentes alunos das Escolas Secundária Adolfo Portela (Águeda); Escola Básica n.º 2 Dr. Acácio Azevedo (Oliveira do Bairro); Escola Secundária de Oliveira do Bairro e Escola Secundária de Anadia, bem como os professores responsáveis pelas equipas.
As provas decorreram com normalidade, entusiasmo e colaboração de todos os participantes e intervenientes.

Astronauta na Mealhada

Astronauta Análogo João Lousada fala para os alunos da Mealhada

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

No passado dia 6 de novembro, o astronuta análogo João Lousada, membro da equipa da Agência Espacial Europeia (ESA) em  Munique, esteve na Escola Secundária da Mealhada para falar aos alunos sobre o seu trabalho.

Em duas sessões, todos os alunos de 7.º e 8.º anos passaram pelo auditório, tendo assistido a uma palestra em que, não só contactaram com o único português a trabalhar numa estação espacial, mas, sobretudo, puderam conhecer todo o trabalho que é necessário desenvolver em Terra antes que seja possível enviar qualquer missão para o espaço.

Alunos e professores puderam perceber a importância da exploração espacial. De uma forma muito clara e com grande proximidade falou da sua experiência no deserto de Oman e das diferentes missões. Foi fácil perceber como se faz a monitorização dos astronautas, as características dos fatos e as atividades do dia a dia tão elementares como lavar o cabelo ou os dentes.

O balanço foi muito positivo e todos ficámos mais ricos.

Prezi colocações no Ensino Superior de alunos da ESM

Uma apresentação em Prezi sobre os alunos concorrentes ao Ensino Superior da Escola Secundária da Mealhada em 2018.

No sábado passado, dia 29 de Setembro, a apresentação foi exibida na cerimónia do Dia do Diploma.

Sabemos que alguns alunos, cujo caso não está representado no documento, foram colocados em instituições que não integram o Ensino Superior Público de Portugal. Porém, não temos informação precisa desses casos e não os pudemos referir na apresentação.

prezi2018
(clicar na imagem para ver a apresentação)

Embaixada dos EUA na Escola Secundária

DSC_2279

No âmbito das atividades previstas no Plano de Atividades do Agrupamento, o Grupo de Disciplina de Inglês promoveu uma sessão na Escola Secundária da Mealhada no dia 10 de janeiro, pelas 11:00 da manhã, com o Conselheiro para a Imprensa e Cultura da Embaixada dos Estados Unidos da América de Lisboa (EUA), Todd Miyahira, que abordou o tema “Multiculturalism in the USA”, e outra com o representante do Programa Fulbright, Dorian Rosca, que falou sobre “Study in the USA”. A Coordenadora da Disciplina de Inglês do Agrupamento, Nazaré Moreira e a Dr.ª Teresa Roque, do Office of Public Affairs da Embaixada dos EUA, têm vindo a desenvolver um tipo de colaboração com vista a iniciativas deste teor que são enriquecedoras para ambas as partes.
O público, cerca de 80 elementos, foi constituído por alunos das turmas do 11.º ano de escolaridade, acompanhados pelos respetivos professores e alguns docentes do Grupo de Disciplina de Inglês.

DSC_2299
A comunicação de Todd Miyahira assentou em parte na história da sua família e na experiência que adquiriu como diplomata. Neto de imigrantes japoneses que se instalaram no Havai e nascido em New Jersey, relatou alguns episódios do processo de integração da família, nomeadamente quanto ao que lhes aconteceu durante a II Guerra Mundial, durante a qual a comunidade japonesa foi sujeita a medidas rigorosas de confinamento.

DSC_2301
Desde julho de 2017 em Portugal, Todd Miyahira é o responsável pelos programas e intercâmbios de natureza educacional, profissional e cultural entre os Estados Unidos e Portugal, trabalhando com instituições portuguesas de natureza profissional, governamental educacional ou cultural. Antes, serviu em Washington, D.C., como Assistente Especial do Sub-Secretário do Departamento de Estado para a Diplomacia e Assuntos Públicos, Richard Stengel. Também trabalhou no Gabinete de Diplomacia e Assuntos Públicos para a Europa e Ásia, encarregando-se dos assuntos sobre Turquia, Grécia e Chipre, entre outras funções na Casa Branca e no Departamento de Estado. Tendo entrado ao serviço em 2005, serviu ainda nas embaixadas dos EUA na Bolívia, Holanda e Honduras. Graduou-se na Universidade de Georgetown e fala Castelhano e Português.

DSC_2334
Dorian Rosca, romeno de origem, chegou a Portugal aos 10 anos, é formado em Relações Internacionais e estudou nos EUA. Na sua comunicação, prestou informação muito útil sobre as possibilidades que os alunos portugueses têm para estudar nos EUA através de bolsas Fulbright.
O Programa Fulbright tem por missão fomentar a realização de experiências de intercâmbio de professores, investigadores e estudantes entre os Estados Unidos e Portugal. O objetivo passa essencialmente por incentivar o entendimento e partilha de conhecimento entre ambos os países fazendo uso do potencial e qualidades presentes nos sistemas de ensino de ambos. Fundado pelo senador J. William Fulbright, é patrocinado pelo Departamento de Estado dos EUA, governos de outros países e pelo setor privado. Aprovado pelo Senado em 1946, o Programa tem grande prestígio pelo incentivo à educação intercultural do mundo, funcionando em 144 países, contando diversos agraciados com o Prémio Nobel entre os seus beneficiados.
Em Portugal, o Programa é gerido pela Comissão Fulbright, criada em 1960 por acordo diplomático assinado entre o Governo Português e o Governo dos Estados Unidos da América. A Comissão administra desde então em Portugal o Programa Fulbright de intercâmbio educacional. Em 2015 foi assinado e entrou em vigor um novo acordo entre os EUA e Portugal, que veio contribuir para o reforço da cooperação nas áreas da educação e ciência entre os dois países, no âmbito da atividade da Comissão Fulbright.

A Biblioteca colaborou, promovendo uma mostra de material informativo que a Embaixada ofereceu aquando da sua presença para um evento semelhante no ano letivo de 2016/2017 igualmente promovido pelo Grupo de Disciplina de Inglês. Foram ainda colocadas em destaque algumas das obras de autores norte-americanos existentes na coleção da nossa Biblioteca, facto este apreciado pelos convidados.

Os alunos e professores presentes aplaudiram com entusiasmo ambas as apresentações, o que torna gratificante o esforço e empenho que a realização de iniciativas deste género sempre implicam.

José Diogo, medalha de bronze na olimpíada da Química 2017

O nosso ex-aluno e agora estudante no Instituto Superior Técnico de Lisboa, José Diogo, foi o representante português na XXII Olimpíada Ibero-Americana de Química 2017, realizada entre 8 e 15 de outubro de 2017 em Lima, Peru, alcançando a medalha de bronze, numa competição muito renhida.

Junto reproduzimos uma imagem com o artigo da revista da Sociedade Portuguesa de Química que dá notícia do acontecimento.

ze

ETC – uma aula de Inglês diferente

etc
Para obter informações sobre a peça e a companhia de teatro clique, por favor, na imagem.

No dia 16 de maio, os alunos dos 4.º, 5.º 6.º e 7.º anos do Agrupamento de Escolas da Mealhada tiveram uma aula de Inglês diferente do habitual. Desta vez os “professores” foram três atores da companhia de teatro inglesa ETC (English Theatre Company), que realizaram duas sessões para os cerca de 750 alunos: uma no pavilhão gimnodesportivo do Centro Escolar da Pampilhosa e a outra no Cineteatro Messias.

A Fairy Affair foi a peça interativa levada à cena pelos atores, que divertiram os alunos e os envolveram na história como “atores convidados”.

No final, os professores da disciplina sentiram o entusiasmo dos seus alunos e uma maior abertura para a aprendizagem da língua.

Este evento apenas foi possível graças à colaboração da Câmara Municipal da Mealhada que não só facultou os espaços, como também financiou a totalidade dos honorários da Companhia.

EB 2 – Pampilhosa: festa de encerramento do ano letivo

Nota: embora a política seguida no Agrupamento no que respeita à reserva de imagem dos alunos implique a interdição de mostrar a face dos participantes nas atividades escolares neste tipo de publicações, neste caso existe uma autorização dos Encarregados de Educação.

27-Felizes!

A festa de encerramento do ano letivo da Escola Básica n.º 2 da Pampilhosa realizou-se no seu Pavilhão Gimnodesportivo, no dia 14 de Junho, organizada pela professora Matilde Fonseca, com a participação de alunos da E.B. n.º 2 da Mealhada e da E.B. n.º 2 da Pampilhosa.

Esta atividade foi realizada a pedido do Coordenador da EB n.º 2 da Pampilhosa, professor José Catré, que quis assinalar de forma lúdica o final do ano letivo. Para este efeito, contactou a professora responsável pelos núcleos de Dança do Desporto Escolar do Agrupamento, professora Matilde Fonseca, que, prontamente, aceitou o desafio. Concebido um plano de espetáculo, a professora criou coreografias variadas de estilos diversificados para exibições a solo, em pares, e pequenos e grandes grupos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

E assim, o público, essencialmente constituído por alunos, mas também professores, auxiliares da ação educativa e encarregados de educação, foi presenteado com cerca de duas horas e meia de espetáculo de dança, assistindo a atuações de hip-hop, ballet clássico, danças afro-latinas, dança contemporânea e step. Para além destas, houve ainda apresentações de patinagem artística, ginástica de solo e de aparelhos, e ginástica acrobática.

No final, os participantes das diversas modalidades foram agraciados com uma confraternização surpresa onde se destacou um bolo alusivo ao evento.

28-Bolo com foto Núcleo Dança

Maria Celeste Leite

(Professora colaborante da BE)

José Diogo nas Olimpíadas Internacionais de Química

ze

O aluno da Escola Secundária da Mealhada, José Diogo da Costa Jesus, da turma B do 12º ano, foi selecionado para integrar a equipa portuguesa que irá participar nas Olimpíadas Internacionais de Química, entre 6 de julho e 15 de julho, na Tailândia.
A prova de seleção decorreu no dia 10 maio, na Universidade de Aveiro, durante 3 horas, tendo os alunos sido avaliados nos tópicos de Química Física, Analítica, Inorgânica, Orgânica e Bioquímica.
O mesmo aluno foi também selecionado para integrar a equipa portuguesa para as Olimpíadas Ibero-Americanas de Física que decorrerão, em setembro, na Colômbia.
A prova de seleção de Física, conhecida por “prova de fogo”, integrada no Projeto Quark!, promovida na Universidade de Coimbra, decorreu no dia 27 de maio com uma duração de 8 horas (!). Durante este período, foram avaliadas as capacidades experimentais e teóricas dos alunos sobre os tópicos de Mecânica, Eletromagnetismo, Ondas, Relatividade e Termodinâmica.
José Diogo, para chegar a estes resultados, participou em várias edições das Olimpíadas Nacionais de Química e de Física. Nestas competições foram selecionados os alunos que revelaram excelentes competências nessas áreas do conhecimento, constituindo uma equipa de preparação para as provas internacionais. Deste grupo foram escolhidos os elementos que representarão Portugal nas provas internacionais, tendo José Diogo obtido uma prestação que lhe permitiu destacar-se e fazer parte da equipa portuguesa nas provas acima referidas.
Esta prestação foi o resultado de um trabalho contínuo ao longo de todo o ano em sessões do Projeto Quark! da Universidade de Coimbra, no que respeita à prova de Física.
Trata-se de uma iniciativa do Departamento de Física da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra destinado a promover a Física junto dos jovens portugueses. Consiste numa escola de excelência para estudantes dos 11º e 12º anos de escolaridade, provenientes de todo o país, combinando formação à distância e presencial.
Ao trabalho em Física, José Diogo acumulou o trabalho desenvolvido com a preparação para a prova de Química, desta vez no Departamento de Química da Universidade de Aveiro.
O José Diogo investiu, portanto, muito tempo e esforço num exigente programa de estudos realizado essencialmente ao fim-de-semana, paralelo à atividade letiva normal na Escola. Trata-se de um jovem que revela grandes capacidades, quer ao nível intelectual, quer na capacidade de trabalho, e, ao mesmo tempo, grandes qualidades pessoais.
De destacar também o apoio das professoras de Física e Química da Escola Secundária da Mealhada ao longo dos últimos anos e que sentem justificado orgulho nas participações dos alunos do Agrupamento nestas iniciativas.
José Diogo é um “veterano” deste tipo de provas, bastando consultar os diversos “posts” colocados neste blogue para dar conta da sua participação em iniciativas do género nos anos anteriores.

ES Mealhada nas Escolíadas 2017

 

1

No dia 13 de maio, a Escola Secundária de Mealhada representou o Agrupamento nas Escolíadas de 2017, apresentando as suas provas artísticas no Centro de Artes e Espectáculos da Figueira da Foz. Esta ano, a equipa da Escola foi integrada no Polo III, ou seja no grupo de escolas de Coimbra.

Com 211 pontos, a Escola Secundária ficou em segundo lugar no Polo III, apurando-se, assim, para a final, que decorrerá no Teatro Aveirense no próximo dia 28 de maio, em Aveiro.

Mais do que um tema, as “Expressões de luz” dominaram o palco nas quatro provas em concurso.A prova de Teatro apresentou uma  “Floresta sem olhos” onde seis cegos se questionam sobre o significado da vida e da representação da realidade; a prova de dança, explorou diferentes fontes de luz por forma a criar movimentos, ritmos e direções, assim, “Cem luzes” se acenderam. Uma luz e um cenário construído com a técnica kirigami iluminaram a caixa da prova de Artes Plásticas (“De luz é a caixa”). A prova de claque (“A luz vinda do frio”) recriou um dia na vida do povo inuíte através da simulação de um dia nevado, com o destaque para a supremacia de uma não cor —o branco.

Muita foi a luz e também os pontos que deram cor às provas das escolas em competição.

2

COMPETIÇÕES NACIONAIS DE CIÊNCIA 2017

O PmatE é um projeto de investigação e desenvolvimento, fundado em 1989, na Universidade de Aveiro, cuja missão é a aplicação das tecnologias da comunicação e informação (TIC) e o desenvolvimento de conteúdos e eventos para a promoção do sucesso escolar e da cultura científica.

As Competições Nacionais de Ciência (CNC) são o evento pelo qual o PmatE é mais reconhecido.

x1

No passado dia 10 de maio a nossa escola foi representada nas competições “Mat12” e “Fis12” pelos alunos, Joana Luís, Inês Neves, José Diogo Jesus, Nuno Laranjo, Sofia Dias e José Pedro Cruz, acompanhados pela Professora Graça Tomás.

x2

A equipa constituída pelos alunos Nuno Miguel Laranjo e José Diogo Jesus, obteve o 2º lugar na competição “Fis12”.

Com os resultados obtidos pelas duas outras equipas na mesma competição, a Escola conseguiu um lugar no pódio (3º lugar).

 

PARABÉNS !!!

Natação AE Mealhada: 14 pódios nos Regionais

Equipa Natação do Agrupamento de Escolas de Mealhada, conquista 14 pódios nos Campeonatos Regionais de Desporto Escolar

File 30-04-17, 17 32 08

A equipa de natação do Agrupamento de Escolas de Mealhada, participou no Campeonato Regional de Desporto Escolar, realizado no dia 29 de Abril de 2017, nas Piscinas Municipais de Estarreja, em que participaram 270 alunos em representação de 50 escolas dos Distritos de Aveiro, Castelo Branco, Coimbra, Leiria, Guarda e Viseu.

A equipa orientada pela Prof.ª Leonor Gomes e composta pelos alunos Artur Yurchuk, David Emanuel Tomé, Eduardo Gomes Fernandes, Marco André Almeida e Mário Markin, conquistou 14 pódios, 14 medalhas de ouro, 1 prata e 1 bronze.

File 30-04-17, 17 33 44

Pódios Agrupamento Escolas Mealhada

Artur Yurchuk:

  • 50 Costas – 2º Lugar;
  • 4×25 Estilos – 1ºLugar;
  • 4×50 Livres – 1º Lugar.

 

David Emanuel Tomé:

  • 100 Mariposa – 1º Lugar;
  • 200 Livres – 3º Lugar;
  • 4×25 Estilos – 1ºLugar;
  • 4×50 Livres – 1º Lugar.

 

Eduardo Gomes Fernandes:

  • 50 Livres – 1º Lugar;
  • 100 Livres – 1º Lugar
  • 200 Livres – 1º Lugar;
  • 4×25 Estilos – 1ºLugar;
  • 4×50 Livres – 1º Lugar.

 

Marco André Almeida:

  • 4×25 Estilos – 1ºLugar;
  • 4×50 Livres – 1º Lugar.

Viagem a Londres

Londres: a cidade onde tudo é possível

ccc
Big Ben. London Eye. Underground. Táxis pretos. Cabines telefónicas. Autocarros de dois andares. Pontualidade Britânica.
Depois de vários anos de pesquisa e estudo da Cultura Inglesa, era quase surreal imaginar-me a visitar a minha cidade de eleição e um dos locais mais aclamados do Mundo. Foi uma experiência fantástica!
Efetivamente, tudo em Londres é fascinante. Nos Museus mais famosos do Mundo, como National Gallery, Natural History Museum e Tate Gallery, respira-se história, cultura e ciência; com fantásticas coleções permanentes únicas no Mundo. A entrada é gratuita na maioria dos museus e os horários de visita são alargados.

Os transportes são muito eficientes. Nomeadamente através do Metro, é possível viajar rapidamente e de forma cómoda a qualquer hora, aproveitando assim todas as atividades diárias. É também de referir o rigor inglês visto que as regras de trânsito são bastante respeitadas.

london eye
Um dos pontos altos da nossa visita foi a ida à London Eye, a imponente roda gigante do Rio Tamisa. A 130 metros de altura, a visão panorâmica sobre a lindíssima cidade de Londres, precedida de um elucidativo filme 4D é, definitivamente, um dos marcos da nossa visita.

A imensa diversidade cultural impressionou-me bastante. Todas as tribos e nacionalidades estão representadas em Londres, estando perfeitamente integradas em sociedade e não sendo vítimas de qualquer tipo de preconceito ou atitude xenófoba ou racista como, infelizmente, acontece em muitas cidades europeias. Londres mostra ser uma capital global.
É deveras interessante o facto de, apesar de ser uma zona muito urbanizada, a cidade de Londres não descurar a presença de grandes parques que promovem o contacto com a natureza e com os animais no seu estado mais puro, como acontece em Hyde Park.
Por último, mas não menos importante, é de realçar o convívio saudável que existiu entre os elementos do grupo de alunos e professoras. Foi uma excelente oportunidade para conhecer melhor os nossos colegas e fazer novas amizades que não se cingem ao grupo-turma.
Em suma, Londres é intensa, vibrante, dinâmica, cercada de cultura, história e modernidade. Dois mil anos após a sua formação, continua a ser o sol no meio das nuvens cinzentas que quase todos os dias a encobrem! O desejo de a explorar cresce a cada dia.

Foi uma experiência única e inesquecível !!!

 

Inês Ramos Rego

VISITA DE ESTUDO

Foi na passada segunda-feira, dia 3 de abril, que os alunos do décimo ano do Agrupamento de Escolas de Mealhada visitaram o novo espaço museológico da zona ribeirinha de Lisboa, o MAAT (Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia). A visita de estudo proporcionou  ainda a revisitação de “Os Lusíadas”, no Mosteiro dos Jerónimos.

 IMG_0001

 O MAAT (Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia)

Guiada pela temática da arquitetura, a visita permitiu que os alunos descobrissem o velho museu da eletricidade (sala das caldeiras) e o novo espaço futurista da arquiteta britânica Amanda Levete. Esta nova criação arquitetónica seduziu pelo seu revestimento em escamas, pela sua forma longilínea, pela sua cobertura e pelas suas quatro salas de exposições (Oval, Galeria Principal, Project Room e Video Room).

Foi ainda uma descoberta para todos o complexo diálogo entre um espaço museológico moderno e um espaço histórico de uma era mais industrial.

O novo museu da Fundação EDP revelou ser uma combinação ousada entre a cidade e o rio mas também entre a ciência e a tecnologia.

Recomenda-se a visita!

 

“Os Lusíadas” no Mosteiro dos Jerónimos

 Foi no magnífico claustro projetado por Diogo Boitaca no início do século XVI que a peça teve início. O espaço privilegiado para a meditação e recreio dos monges da Ordem de São Jerónimo revelou ser um palco dinâmico para a apresentação da biografia do príncipe dos poetas e de alguns dos seus mais célebres sonetos.

IMG_0046

Já na Sala do Capítulo, através de imagens vídeo, música e declamação de algumas estâncias do canto em oitava rima, os alunos revisitaram “Os Lusíadas” do 9.º ano. A viagem de Vasco da Gama, as intervenções dos deuses e a vida do poeta materializaram a dramaturgia da criação da epopeia.

Um espetáculo que agradou, mas não encantou!

O AEM no Concurso Intermunicipal de Ideias de Negócio

jose

No dia 2 de abril, no auditório do Centro Cultural de Tábua, realizou-se a 4.ª edição do Concurso Intermunicipal de Ideias de Negócio, no âmbito do projeto “Empreendedorismo nas Escolas”, dinamizado pela Comunidade Intermunicipal (CIM) da Região de Coimbra.
Estiveram a concurso 18 ideias do ensino secundário e profissional, uma de cada município da CIM.
A representar o município da Mealhada estiveram os alunos José Jesus, José Cruz e Nuno Laranjo do 12º ano do curso de Ciências e Tecnologias da Escola Secundária da Mealhada, com “JoyMagnet” , uma bateria sem fios que converte ondas de radiofrequência em corrente contínua.
Apesar do empenho, da qualidade do trabalho e da brilhante prestação dos alunos no concurso intermunicipal o objetivo pretendido, um lugar no pódio, não foi atingido.

Empreendedorismo nas escolas: AEM com presença significativa

0102

No dia 22 de março realizou-se no auditório da EPVL a 4ª edição do Concurso Municipal de  Ideias de Negócio promovido pela Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra. No concurso participaram, com 6 projetos, 17 alunos da Escola Secundária da Mealhada e, com 3 projetos, 9 alunos da EPVL .

Os alunos José Cruz, José Jesus, Nuno Laranjo, Eros Ferreira, André Moreira e Miguel Gomes, do 12º ano do curso de Ciências e Tecnologias, Débora Cruz, Lucas Pereira, Luís Dias, Filipa Cruz, Matilde Rocha e Mariana Ferreira, do 11º ano do curso de Línguas e Humanidades, Rodrigo Quaresma, e Samuel Rodrigues, do 10º ano do curso profissional de Técnico de Multimédia, Cláudia Parreira, José Lopes e Cátia Pereira, do 12º ano do curso Profissional de Técnico de Multimédia, apresentaram ao júri do concurso os projetos que desenvolveram no âmbito do projeto  “Empreendedorismo nas Escolas”, com a coordenação dos docentes Graça Inácio, Cristina Quaresma , Ana Melo e a colaboração das professoras Rute Folhas e Guida Lacerda.

A ideia selecionada pelo júri do concurso e que representará o município no dia 2 de abril, em Tábua,  no Concurso de Ideias Intermunicipal, foi o projeto JoyMagnet dos alunos José Cruz, José Jesus e Nuno Laranjo.

No mesmo evento esteve a turma C do oitavo ano da Escola Básica n.º2 da Mealhada, orientada pela professora Ilda Ribeiro, a apresentar o trabalho desenvolvido até ao momento na construção da empresa. Irão representar o município no Concurso Intermunicipal “ExpoEmpresas” que se realizará no dia 27 de maio, em Mangualde.