Projetos “Natal Azul” e “Olhos com História”

No âmbito da disciplina de Educação Visual, nas unidades de trabalho sobre o Património Português e Desenhos Expressivos, enquadrando, respetivamente,  os projetos “Natal Azul” e “Olhos com Historia”,  as turmas do 8.º ano elaboraram belos azulejos tradicionais portugueses, utilizando várias técnicas sobre cartão de maquete.  Contámos com o apoio da professora da disciplina, Prof.ª  Claudina Conde, que nos orientou nas ideias. Assim, tornou-se mais fácil a elaboração destes magníficos trabalhos.
Na nossa opinião  foi um bom trabalho, aprendemos mais sobre o nosso património e contribuímos também para a exposição e  decoração de Natal da nossa escola.

Os alunos do 8.º A3
Escola Básica n.º 2 de Pampilhosa
Agrupamento de Escolas Da Mealhada

Vamos ajudar os nossos animais

cartaz

A Escola Básica N.º 2 da Mealhada, no âmbito do projeto: “Abraçar uma Causa” – ” Vamos ajudar os nossos animais”, apresenta dois espetáculos completamente distintos, que integrarão os alunos da Escola Básica N.º 2 da Mealhada.
|| Coro Alunos do 5.º ano
|| Coro Alunos do 6.º ano
|| Coro Alunos do 7.º e 8.º ano
|| Coro da Oficina da Oficina de Música
|| Solistas da Oficina de Música
|| Bailarina Convidada: Ana Baltazar
Este projeto, da responsabilidade da Prof. de Educação Musical, Maria Antónia Mota, tem como finalidade apoiar a Associação Quatro Patas & Focinhos. Iniciou no ano passado, através de diversas acções desenvolvidas no abrigo, nomeadamente voluntariado com os alunos e pais, uma recolha de alimentos e a realização de dois Concertos Solidários.
Ao longo deste ano letivo é intenção da docente apoiar não só a Associação mas também os Animais de Rua e/ou de Famílias carenciadas através de um Fundo de Socorro ao Animal Abandonado.

Sê Solidário e vem assistir a um dos concertos.

Reserva de bilhetes através do Telemóvel 91 30 52 538

Vitória de alunos da ESM em Ciências

Competições Nacionais de Ciência 2016

O PmatE é um projeto de investigação e desenvolvimento fundado na Universidade de Aveiro, em 1989,  cuja missão é a aplicação das tecnologias da comunicação e informação (TIC) e o desenvolvimento de conteúdos e eventos para a promoção do sucesso escolar e da cultura científica.

As Competições Nacionais de Ciência (CNC) são o evento pelo qual o PmatE é mais reconhecido.

No passado dia 11 de maio, a Escola Secundária da Mealhada foi representada nestas competições pelos alunos Joana Luís, José Diogo Jesus, Maria Ferreira, Ana Maria Cristina, Nuno Laranjo e Sofia Silva.

A equipa constituída pelos alunos Nuno Laranjo e José Diogo Jesus, obteve um magnífico PRIMEIRO LUGAR na competição “fquest”, num universo de 199 equipas.

A mesma equipa ficou em SEXTO lugar na competição “mat12”, entre 254 equipas.

ESTÃO TODOS DE PARABÉNS!!!

Talentos da Canção 2016

 

A sala do Cineteatro Municipal Messias da Mealhada foi palco da 1.ª edição do espetáculo “TALENTOS DA CANÇÃO 2016”.

O evento decorreu no dia 7 de maio, pelas 21h00, com uma sala repleta de público, cerca de três centenas e meia de pessoas, entre pais, familiares e amigos, professores e dirigentes.

O projeto, uma iniciativa do Grupo de disciplina de Educação Musical do Agrupamento de Escolas da Mealhada, teve como mentora a docente Maria Antónia Mota, apoiado pela Câmara Municipal da Mealhada, e teve como principal objetivo revelar jovens com especiais aptidões artísticas na música, nomeadamente no canto.

Participaram 13 jovens, num total de 11 canções, sendo que 12 jovens frequentam o AEM e uma jovem do AEOB.

O evento contou com a participação da Oficina de Música, da Escola Básica n.º 2 da Mealhada dirigida por Maria Antónia Mota, das bailarinas Ana Baltazar (dança contemporânea) e Carla Zaahirah (dança do ventre), Nádia Meireles (voz), Diana Almeida (voz) e Gonçalo Pato (voz com acompanhamento de guitarra).

O espetáculo propriamente dito iniciou com as boas vindas por parte de Mª Antónia Mota, ao som do tema o Infante, “Deus quer, o Homem sonha, a obra nasce” na voz de Nádia Meireles, seguindo-se a apresentação das vozes dos concorrentes com o tema “Melhor de mim”, de Mariza. Ana Baltasar foi a bailarina.

Foi então a vez de desfilarem os 13 concorrentes, sendo que no final de cada canção os jurados davam o seu parecer. A votação, da responsabilidade dos jurados mas também do público, decorrer de forma tranquila, sendo que no final foi considerada a hipótese de haver um prémio ex-aequeo.

Não faltou o ambiente oriental, uma viagem por ritmos milenares envoltos no mistério da dança do ventre, com a presença de Carla Zaahirah.

A Prof. Maria Antónia Mota, absolutamente exausta porém, visivelmente feliz continua a acreditar nos sonhos e afirma que “estes continuam a ser os espetáculos da minha vida. Já organizei muitos espetáculos mas nunca com esta dimensão. Acho que os meus objetivos foram conseguidos pois esta é a escola onde leciono, que amo incondicionalmente e apesar de todos os contratempos continuo a acreditar que estou aqui por “eles” e é a eles que dedico estes momentos, todos eles sabem que fazem parte da minha vida e o quanto lhes quero bem.

Ver os meus alunos felizes é uma das minhas metas e mais uma vez, no final de uma noite de tantas emoções, sinto que os meus limites foram absolutamente testados”.

Isabel Castro, Presidente do júri referiu que “ Foi uma noite de verdadeira revelação de jovens talentos da nossa Bairrada, que me surpreenderam pela qualidade, responsabilidade e profissionalismo com que souberam pisar o palco….embora pequenos em idade, foram enormes em talento”.

Também Ângela Canas, mãe de Maria Miguel, aluna do AEOB, afirmou “Gostei muito. Os meus sinceros parabéns pois a organização foi excelente”.

No final, a Coordenadora da Escola Básica n.º 2 da Mealhada tomou a palavra, referindo que “atividades destas são de louvar e que todo o trabalho desenvolvido deve ser visto como algo muito positivo na vida dos nossos jovens”.

Também o Vice-Presidente da Câmara Municipal da Mealhada, Guilherme Duarte pediu palavra para agradecer o momento “em tantos anos este é sem dúvida um dos melhores momentos nesta casa. Devemos apoiar e incentivar os jovens e estas atividades”.

 _______

1.º Prémio

Concorrente n.º 8

Mª Inês Neves Martinho

“Há dias assim” – Filipa Azevedo

_______

2.º Prémio

Concorrente n.º 6

Maria Miguel Tavares

“Writing’s on the Wall” – Sam Smith

_______

3.º Prémio

 Prémio ex-aequo:

Concorrente n.º 11

Matilde Alexandra Sousa Vaz

“Eu sei” – Sara Tavares

e

Concorrente n.º 9

Afonso Miguel Bartolomeu

“Negra como a Noite” – Xutos & Pontapés

 ________

Redacção: Maria Antónia Mota