VISITA DE ESTUDO

Foi na passada segunda-feira, dia 3 de abril, que os alunos do décimo ano do Agrupamento de Escolas de Mealhada visitaram o novo espaço museológico da zona ribeirinha de Lisboa, o MAAT (Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia). A visita de estudo proporcionou  ainda a revisitação de “Os Lusíadas”, no Mosteiro dos Jerónimos.

 IMG_0001

 O MAAT (Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia)

Guiada pela temática da arquitetura, a visita permitiu que os alunos descobrissem o velho museu da eletricidade (sala das caldeiras) e o novo espaço futurista da arquiteta britânica Amanda Levete. Esta nova criação arquitetónica seduziu pelo seu revestimento em escamas, pela sua forma longilínea, pela sua cobertura e pelas suas quatro salas de exposições (Oval, Galeria Principal, Project Room e Video Room).

Foi ainda uma descoberta para todos o complexo diálogo entre um espaço museológico moderno e um espaço histórico de uma era mais industrial.

O novo museu da Fundação EDP revelou ser uma combinação ousada entre a cidade e o rio mas também entre a ciência e a tecnologia.

Recomenda-se a visita!

 

“Os Lusíadas” no Mosteiro dos Jerónimos

 Foi no magnífico claustro projetado por Diogo Boitaca no início do século XVI que a peça teve início. O espaço privilegiado para a meditação e recreio dos monges da Ordem de São Jerónimo revelou ser um palco dinâmico para a apresentação da biografia do príncipe dos poetas e de alguns dos seus mais célebres sonetos.

IMG_0046

Já na Sala do Capítulo, através de imagens vídeo, música e declamação de algumas estâncias do canto em oitava rima, os alunos revisitaram “Os Lusíadas” do 9.º ano. A viagem de Vasco da Gama, as intervenções dos deuses e a vida do poeta materializaram a dramaturgia da criação da epopeia.

Um espetáculo que agradou, mas não encantou!