Livros RTP “Coleção Essencial”

Este slideshow necessita de JavaScript.

Livros-RTP

Discurso do Sr. Presidente da República, Prof. Doutor Marcelo Rebelo de Sousa no lançamento da coleção. Pedagógico e esclarecido. Realçamos o enquadramento histórico que traçou e o paralelismo entre a “coleção RTP” de há 48 anos e a atual.

Anúncio e destaque da RTP.

O Agrupamento de Escolas da Mealhada, por proposta das Bibliotecas Escolares, comprou parte da coleção “Livros RTP”. Não se adquiriu a totalidade porque as Bibliotecas já tinham parte da lista de obras noutras edições em boas condições.

  • A Vida Verdadeira de Domingos Xavier – José Luandino Vieira
  • Agosto – Rubem Fonseca
  • Dinossauro Excelentíssimo – José Cardoso Pires
  • Os Buddenbrook – Thomas Mann
  • Jesusalém – Mia Couto
  • Ensaio Sobre a Cegueira – José Saramago
  • As Naus – António Lobo Antunes
  • O Grande Gatsby – F. Scott Fitzgerald
  • O Fator Humano – Graham Greene
  • Fantasia Para Dois Coronéis e Uma Piscina – Mário de Carvalho
  • A Guerra do Fim do Mundo – Mario Vargas Llosa
  • A Mancha Humana – Philip Roth
  • A Geração da Utopia – Pepetela
  • Capitães da Areia – Jorge Amado
Anúncios

Roberto Bolaño

 

A Literatura Nazi nas Américas

Roberto Bolaño

 

Segundo o editor:

A Literatura Nazi nas Américas é uma enciclopédia ficcional composta de pequenas biografias de autores pan-americanos imaginários. Estes personagens literários são retratados no interior de uma galeria de medíocres alienados, homens solitários e abandonados pela História, nascisistas, leitores e autores talentosos, criminosos, mas também snobes com sonhos de grandeza e capazes de gestos que os distinguem da banalidade do mal. E, a verdade, ainda que inventados, estes escritores são personagens de histórias, essas sim reais, de grandes nomes da literatura das Américas.

Segundo o blogue Pó dos livros.

O autor: Roberto Bolaño Ávalos (1953 — 2003), de nacionalidade chilena, é considerado por muitos críticos como o escritor mais importante de entre os autores latino-americanos de sua geração.

Há outros títulos do autor disponíveis na Biblioteca Municipal.

Wikipédia

Yukio Mishima, Albert Camus e muitos outros

Mais três livros.

  • A Melodia do Adeus, de Nicholas Sparks
  • O Tumulto das Ondas, de Yukio Mishima
  • O Estrangeiro, de Albert Camus

primeira destas obras é do autor campeão mundial da especialidade “arrasa-corações”, cujos livros já suscitaram grandes êxitos do cinema melodramático.

Yukio Mishima foi um dos maiores escritores em língua japonesa, escreveu dezenas de romances, poesias, peças e ensaios políticos e filosóficos, tendo sido indicado por três vezes ao prémio Nobel de Literatura. A descobrir.

O Estrangeiro é um verdadeiro “clássico” da literatura contemporânea e Camus um grande escritor que marcou uma época.