Programa de Neurociência

Programa de Neurociência

Rafael Pereira

O livro apresenta como uma ferramenta pedagógica susceptível de gerar assinaláveis benefícios no desenvolvimento da literacia junto das novas gerações, um conjunto encadeado de sugestões de natureza prática e lúdica, dirigido à estimulação cerebral e visando a optimização das capacidades especificamente vocacionada para a apropriação das competências, intervenção educativa, tendo como propósito, a promoção da consciência fonológica mediante a exploração da motricidade fina da criança aliada à estimulação plurissectorial.

Neste livro, Rafael Pereira começa por explicar o modo como o cérebro funciona e formas de estimulação cerebral, para depois apresentar uma proposta de intervenção em leitura e escrita, fundamentando-se para tal nos conhecimentos atuais das neurociências. Um programa de exercícios personalizados na forma de jogos que comprovadamente ajudam o aluno a melhorar a sua capacidade de memória, atenção, linguagem, raciocínio lógico e visão especial.

Deste modo, o presente livro torna-se uma ferramenta indispensável para quem, apoiando-se num conhecimento científico moderno sobre o funcionamento do cérebro, quer facilitar o processo de aprendizagem da leitura e da escrita.

Autor:

Especialista em Dislexia e Dificuldades de Aprendizagem. Doutorado pela Universidade da Extremadura, Espanha, em Novos Contextos Psicológicos em Educação Saúde e Qualidade de Vida. Autor de várias obras de avaliação e intervenção na leitura, escrita e matemática. Formador a nível nacional e internacional na área das dificuldades de aprendizagem.

Editora (aqui)

Programa De Estimulação Em Neuroeducação

Programa De Estimulação Em Neuroeducação

Cátia Mateus

Como aprender e ensinar melhor? Que estratégias podemos nós, enquanto profissionais utilizar para que as crianças possam aprender melhor? Estas tem sido duas questões que ao longo dos tempos tem vindo a ser debatida pelos diferentes técnicos e especialistas da área da Educação e das Neurociências.
Um Manual Prático que visa estimular em sessões sequenciais e lógicas, o desenvolvimento de competências e processos específicos no cérebro das crianças do 1.º Ciclo do Ensino Básico.

MATÉRIAS

  • HABILIDADES DE ATENÇÃO, PERCEÇÃO E VIGÍLIA
  • MEMÓRIA E MEMÓRIA DE TRABALHO
  • COMPREENSÃO VERBAL
  • CONSCIÊNCIA ESPACIOTEMPORAL
  • RACIOCÍNIO LÓGICO
  • COMPETÊNCIAS NUMÉRICAS

AUTORA

Doutorada pela Universidade de Salamanca em Educación Especial, Objeto y Tendencias de Investigación. Técnica Superior de Educação e Reabilitação Psicomotora. Coordenadora Pedagógica de vários cursos, entre eles a Pós-Graduação em NeuroEducação – Neurociência Cognitiva Aplicada à Educação e Distúrbios de Aprendizagem. Formadora em NeuroEducação e Educação Especial.

EDITORA (AQUI)

A Sala de Aula, por Maria Filomena Mónica

sala de aula

Sinopse

Em 1974, perdemos uma oportunidade de oiro de reformar a escola. Seja como for, continuo a pensar que, se queremos uma escola pública decente, temos de lutar por uma sociedade mais justa. Mantendo-se tudo como está, as escolas dos pobres serão inevitavelmente guetos de onde é difícil sair e as dos ricos aquários onde os meninos só vêem uma parte do mundo. Continuo a acreditar que, se as escolas públicas forem boas, os filhos dos pobres poderão, até certo ponto, sair do círculo de miséria em que estão encerrados. Sem ceder a «facilitismos», um termo que nasceu com a democracia.

 

PUBLICADO EM MARÇO 2014

Autora

Maria Filomena Mónica

Historiadora
Maria Filomena Mónica nasceu em Lisboa em 1943. Licenciada em Filosofia pela Universidade de Lisboa em 1969 e doutorada em Sociologia pela Universidade de Oxford em 1978. Actualmente, é investigadora-coordenadora emérita do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa. Autora de artigos na imprensa periódica e de séries para a televisão. Entre outros, publicou os seguintes livros: Educação e Sociedade no Portugal de Salazar, 1978; Visitas ao Poder, 1993; Vida Moderna, 1997; Os Filhos de Rousseau, 1997; Eça de Queirós, 2001; Dicionário Biográfico Parlamentar, 1834/1910, (org.) Lisboa, ICS/AR, 2004; Bilhete de Identidade, 2005; D. Pedro V, 2005; Cesário Verde, 2007; Fontes Pereira de Melo, 2009, Vidas, 2010 e Os Cantos, 2010, e A Morte (2011).

Difícil é educá-los

O Ensino do Português

de Maria do Carmo Vieira

Difícil é educá-los

de David Justino

Edição da Fundação Francisco Manuel dos Santos

Aproveitamos para salientar o estraordinário trabalho desenvolvido por esta fundação que, apesar de ter iniciado as suas actividades há relativamente pouco, ocupa já um lugar destacado na intervenção cívica, cultural e educativa do nosso país.

ENSAIOS Trata-se da publicação de textos breves que, de forma rigorosa e fundamentada, exprimem as opiniões dos respectivos autores sobre os mais diversos problemas contemporâneos, com especial incidência na realidade portuguesa.

PORDATA Base de dados estatísticos sobre Portugal, constituindo uma fonte de informação excelente para trabalhos escolares. Vale a pena explorar.

EDUCAÇÃO Contribuição para um debate fundamentado sobre os problemas de ensino em Portugal.

ESTUDOS

 

Sobre o livro, uma opinião publicada no blogue De Rerum Natura