Fase municipal do Concurso Nacional de Leitura

CNL municipal imagem

No próximo dia 21 de abril realizar-se-á a fase municipal do Concurso Nacional de Leitura, na Biblioteca Municipal da Mealhada. A atividade desenrolar-se-á em dois períodos, o da manhã, a começar à 10 horas, e o da tarde, a iniciar às 15 horas.

O período da manhã será reservado às provas dos alunos do primeiro ciclo do Ensino Básico e no de tarde será a vez dos alunos do segundo e terceiro ciclos participarem.

O júri será constituído pelo Sr. Vereador da Câmara Municipal da Mealhada Dr. Guilherme Duarte, pelo escritor e professor Dr. António Breda de Carvalho, na qualidade de personalidade de mérito na área da literatura, e pela professora do Agrupamento de Escolas da Mealhada e delegada do Grupo Disciplinar de Português, Dr.ª Rosa Maria Santos.

Esta fase do Concurso corresponde à sua segunda etapa e os alunos em prova venceram na primeira fase, realizada a nível de escola e de turma (no caso dos alunos do primeiro ciclo), uma prova que se destinava a apurar os concorrentes para esta fase municipal.

A prova destina-se a selecionar um aluno concorrente de cada um dos níveis de ensino referidos para participar na terceira fase – intermunicipal-, a decorrer em finais de maio, em Penacova, em que participarão jovens apurados nos concelhos da Comunidade Intermunicipal de Coimbra.

Todas as provas implicam a leitura de obras literárias pelos concorrentes.

A fase final será realizada em Lisboa, no dia 10 de junho, com os alunos vencedores da fase intermunicipal, naquilo que os organizadores do Concurso Nacional de Leitura pretendem fazer a festa da Língua e da Cultura Portuguesas.

Esta é a 12ª edição do Concurso Nacional de Leitura, promovido pelo Plano Nacional de leitura 2027, ao qual se associaram, tal como em edições anteriores, a Direcção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas, a Rede das Bibliotecas Escolares , o Camões IP, a Direção de Serviços de Ensino e Escolas Portuguesas no Estrangeiro e a RTP.

O Concurso visa promover a leitura e a escrita junto da população escolar, e este ano tem a novidade de alargar o universo de ação a todos os níveis de ensino básico e secundário, desde os alunos do primeiro ciclo, até agora excluídos, até aos do Ensino Secundário, passando pelos dos segundo e terceiro ciclos do Ensino Básico.

Esta iniciativa é uma organização conjunta entre as Bibliotecas Escolares do Agrupamento de Escolas da Mealhada e a Biblioteca Municipal da Mealhada.

Anúncios

Concurso Nacional de Leitura: alunos apurados

Decorrida a primeira fase (nível de escola) do Concurso Nacional de Leitura 2018, foram apurados para a fase seguinte (nível municipal) os seguintes alunos:

PRIMEIRO CICLO

  • Duarte Manuel Batista – EB1 Mealhada: 4ºA
  • Bruno Pachorro – EB1 Mealhada: 4.º B
  • Duarte Ferreira Barros – EB1 Mealhada: 4.º C
  • Rodrigo Oliveira – EB Casal Comba
  • Matilde Paulo – EB Antes
  • Eduardo Rui Cunha – EB Luso
  • Maria Migueis Alves Silva – EB1 Pampilhosa: 3/4ºA
  • Santiago Bonifácio Ramos – EB1 Pampilhosa: 4ºB
  • Martim Costa Lousado – EB1 Pampilhosa: 3/4º C
  • Juliana de Castro Pereira – EB Barcouço

SEGUNDO CICLO

  • Francisca Rodrigues – EB2 Pampilhosa
  • Isa Figueiredo – EB2 Pampilhosa
  • Rodrigo Mendonça – EB2 Pampilhosa
  • Leonor Pereira Gonçalves – EB2 Mealhada
  • Laura Ferreira – EB2 Mealhada
  • Leonor Silva – EB2 Mealhada

TERCEIRO CICLO

  • Cláudia Silva – EB2 Mealhada
  • Andreia Dinis – EB2 Mealhada
  • André Morais – EB2 Pampilhosa
  • Maria Filipa Fernandes – EB2 Pampilhosa
  • Paulo César Baptista – EB2 Pampilhosa

 

Concurso Nacional de Leitura: 12.ª edição

transferir

 

As Bibliotecas do AE da Mealhada e a Biblioteca Municipal (Rede de Bibliotecas da Mealhada), estão a organizar a participação dos alunos do Município no 12.º Concurso Nacional de Leitura 2017-18.

Divulgamos aquiregulamento das fases local e municipal.

A iniciativa do Concurso é do Plano Nacional de Leitura PNL2027 a que se associam, tal como em edições anteriores, a Direcção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB), a Rede das Bibliotecas Escolares (RBE), o Instituto Camões IP, a Direção de Serviços de Ensino e Escolas Portuguesas no Estrangeiro (DSEEPE) e a RTP.

O concurso tem como objetivo a promoção da leitura e da escrita junto da população escolar.

Até ao ano anterior, limitava a participação a alunos do terceiro ciclo e do ensino secundário. A presente edição alarga o universo a todos os níveis de ensino básico e secundário. Assim, o Concurso Nacional de Leitura, 12ª edição, correspondente ao ano letivo 2017/2018, passa a ser dirigido aos alunos do 1º, 2º e 3º Ciclos do Ensino Básico e aos alunos do Ensino Secundário.

No caso dos alunos do PRIMEIRO CICLO, a participação é limitada aos alunos que frequentam o 4.º ano de escolaridade e a sua participação é obrigatória.

Esta obrigação foi decidida numa reunião em que estiveram presentes o Sr. Diretor do Agrupamento, o Sr. Vereador da Educação da CMM, técnicas superiores da Câmara Municipal que gerem as questões de Educação e de Cultura, os Professores Bibliotecários, a Sr.ª Coordenadora Interconcelhia das BE e as Bibliotecárias da BMM. Tem por objetivo estabelecer o hábito na participação neste género de concursos em que os alunos do município podem representar a Comunidade em iniciativas de prestígio e, ao mesmo tempo, proporcionar-lhes experiências desafiadoras.

Por outro lado, a participação de todos os alunos do 4.º ano obriga-nos a um trabalho logístico muito complexo, uma vez que temos de reunir todos os exemplares existentes no Agrupamento do livro a concurso (Missão Impossível, de Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada). Para além disso, estamos a pedir emprestados exemplares a bibliotecas de outros municípios (Albergaria, Águeda, etc.). Esperamos, pois, fornecer um exemplar a todos os alunos do quarto ano de escolaridade.

Versões em livro eletrónico de Missão Impossível.

Por fim, esta iniciativa não pode deixar de contar com a colaboração dos docentes das turmas do 4.º ano de escolaridade: na promoção da iniciativa, na distribuição dos livros e respectivo registo, no trabalho de organizar o dia da prova e ajudar a corrigir e pontuar os questionários respondidos na fase de escola. Os questionários serão do tipo de de resposta fechada e a correcção será feita através de chave de resposta estandardizada.

Relativamente aos alunos dos restantes ciclos de ensino, a participação é voluntária e obrigará, em princípio, a um esforço menor. Apesar disso, esperamos a colaboração dos docentes do Agrupamento a quem for solicitada a sua participação.