Seleccionar os documentos

Num trabalho de pesquisa, depois de se ter identificado os documentos com informação sobre o assunto que estamos a estudar, começa-se por fazer uma consulta rápida e metódica das fontes.

  1. Para maior eficácia e rapidez, pode-se utilizar a estrutura dos documentos para melhor identificar o seu conteúdo: sumário (erradamente conhecido por índice), ao índice, ao plano da obra, a um glossário ou a outro elemento que dê informações de forma rápida sobre o conteúdo do documento.
  2. De acordo com a análise feita, classificar os documentos seleccionados, escolhendo os mais úteis de acordo com determinados critérios:
    • Avaliar a pertinência da informação, ou seja, se ela tem mesmo a ver com o assunto em questão, se é adequada ou apropriada ao tema.
    • Distinguir aqueles que são de âmbito geral, daqueles que interessam especificamente para o nosso tema.
    • Distinguir os que nos serão indispensáveis, por serem cruciais para a nossa investigação, dos que apenas nos fornecem informação acessória.
    • Actualidade da informação contida nas fontes consultadas. A informação circula a uma velocidade estonteante e rapidamente se desactualiza. Basear o nosso trabalho em informação desactualizada resulta numa inutilidade e numa falsidade.
  3. No fim, como ponto da situação, deve-se fazer uma síntese da informação recolhida.

Como o nosso conhecimento do assunto que pesquisado ainda está longe de estar consolidado, há que ter alguma prudência, nunca destruindo apontamentos ou perdendo a referência da informação rejeitada.

Anúncios