Teatro para as escolas

CARTAZ-geral-724x1024

Integrada no Plano de Atividades do Agrupamento e articulada com o Departamento de Português as Bibliotecas Escolares promoveram a visualização da peça “A viúva e o papagaio” de Virgínia Woolf, no Cineteatro Messias, no dia 29 de março, de manhã, pelos alunos das turmas turmas do 5.º ano do Agrupamento de Escolas da Mealhada (EB 2 da Mealhada e da Pampilhosa).

A equipa das Bibliotecas Escolares agradece muito a colaboração da Câmara Municipal da Mealhada, que cedeu o teatro e financiou a contratação da companhia de teatro.

Esta obra foi lida pelos alunos do 5.º ano de escolaridade pois pertence às Metas Curriculares desse ano e está inserida no Plano Nacional de Leitura.

É um conto imprevisível e entusiasmante que acompanha a aventura da Sr.ª Gage na procura da herança inesperada que o seu irmão lhe deixou, contando com a ajuda de James, um papagaio invulgar.

A companhia Caixa de Palco desenvolveu uma performance muito boa, com elevado dinamismo, mas ao mesmo tempo descontraído, com variações ao texto com alusões à vida local. Os atores encheram o palco e deram vida e alma às personagens, tal como prometeram.

Tratou-se de uma excelente promoção da arte do teatro, permitindo aos alunos uma boa experiência e contribuindo para a criação de público.

 

Semana da Leitura na EB 1 da Pampilhosa

No Centro Escolar da Pampilhosa, a Semana da Leitura foi muito animada e preenchida.

Uma alegria!

Durante toda a semana, muitas foram as atividades onde a poesia foi uma festa dentro das salas e no recreio, ao ar livre.

A leitura nos espaços exteriores a todos contagiou com a sua alegria, permitindo uma dinâmica que envolveu professores e alunos.

Assim, ler é uma festa!

A seguir, as fotos:

Ciclo de Cortos en Lengua Castellana – Balanço

No âmbito da disciplina de Espanhol e em colaboração com as bibliotecas do Agrupamento, entre 25 de janeiro e 4 de fevereiro, desenvolveu-se a atividade “Ciclo de cortos en lengua castellana”, que envolveu os alunos da disciplina durante as atividades letivas, assim como os alunos que frequentaram a biblioteca durante a hora de almoço e intervalos.

Durante estes dias, foram projetadas várias curtas-metragens premiadas ou selecionadas para os Prémios Goya nas bibliotecas da Escola Básica n.º 2 da Pampilhosa, da Escola Básica n.º 2 da Mealhada e da Escola Secundária da Mealhada.

Estiveram, ainda, em exposição biografias sobre vários atores conhecidos da atualidade e obras literárias de autores hispânicos, bem como filmes, panfletos e mapas de cidades espanholas.

Os filmes escolhidos abordaram temáticas no âmbito da solidariedade e do respeito pelo outro, o consumismo e a ética, e a influência do uso das novas tecnologias no contacto humano, tendo constituído uma oportunidade para trabalhar conteúdos da disciplina fora da sala de aula.

Desta forma, esta atividade foi uma oportunidade não só de motivação dos alunos para a aprendizagem da língua castelhana e dar a conhecer o festival de cinema Prémios Goya, como contribuiu para despertar para o prazer de ver cinema e promover esta forma de arte enquanto instrumento de expressão e de diversidade cultural.

Professores do 1.º CEB podem escolher livremente as obras

pnl2027a

A Dr.ª Teresa Calçada, comissária do PNL, enviou-nos a seguinte mensagem:

O Plano Nacional de Leitura 2027 vem chamar a atenção dos docentes para o facto de o Ministério da Educação, com a aprovação das Aprendizagens Essenciais, ter retirado dos currículos do 1.º ciclo as listas de títulos para leitura na sala de aula, por, justamente, considerar que devem ser os professores de cada turma a escolher livremente as obras que considerem mais adequadas e mais motivadoras para os seus alunos.
A evidência científica tem sublinhado a importância da adesão à leitura em todo o processo de aprendizagem, não devendo, portanto, forçar-se as crianças a lerem livros que as enfastiem ou que rejeitem, mas pelo contrário procurar entre a imensa diversidade de obras que se encontram disponíveis, aquelas que agradem, incentivem, entusiasmem e ajudem a realizar um percurso evolutivo de leituras. Para que os alunos avancem na compreensão dos textos e os resultados da aprendizagem sejam verdadeiramente positivos é indispensável que, desde que nascem, e particularmente nos primeiros anos de escolaridade, contactem com livros, ouçam ler em voz alta, pratiquem diariamente a leitura e conversem sobre o que leem.
Os docentes podem fazer a escolha das obras que irão ler com os seus alunos apoiando-se nos conjuntos de títulos analisados por especialistas em literatura infantil e aconselhados para diferentes idades no portal do PNL, em Livros PNL+.
O PNL lembra ainda que, numa época em que as crianças têm à sua disposição inúmeros recursos de materiais e atividades motivantes, se torna necessário garantir que os livros estejam próximos e acessíveis, sendo desejável assegurar nas salas de aulas a presença de conjuntos de obras atraentes e organizar regularmente visitas à biblioteca escolar.
Com o mesmo objetivo, o PNL sugere que os professores aproveitem as reuniões de pais e encarregados de educação para salientarem a importância da leitura e da escrita em todo o percurso escolar, incentivando-os para que leiam com os seus educandos, se possível, pelo menos 10 minutos, todos os dias.
Contamos convosco!