CNL 2020: apurados os 3 representantes para a intermunicipal no 1.º CEB

cnl o

No sábado passado, pelas 10 horas da manhã, realizou-se a prova da fase municipal do 14.º Concurso Nacional de Leitura (CNL 2020) do alunos concorrentes do 4.º ano de escolaridade.

Estiveram presentes 9 concorrentes, representantes das respectivas turmas,  todos acompanhados pelas famílias e por alguns dos professores. Ainda compareceram dois alunos que ficaram em segundo lugar e que tinham ficado de reserva para o caso do colega mais bem classificado ter algum impedimento. Como prémio da sua presença, acabaram por participar, lendo partes do livro a concurso, mas sem serem incluídos na classificação oficial.

A prova era sobre o livro “Max e Achebiche, uma história muito fixe”, de António Mota no texto e Afonso Cruz nas ilustrações, editado pela Texto. Cada participante leu uma passagem do livro, tendo o júri apreciado a clareza (dicção e colocação da voz) e a expressividade (entoação e ritmo). De seguida, o apresentador do evento colocou a cada um dos alunos uma pergunta sobre o texto lido, tendo o júri apreciado, então, a fluência e a coerência do discurso.

O Júri foi constituído pelo Sr. Vice-Presidente da Câmara Municipal da Mealhada, Dr. Guilherme Duarte, pelo representante do Agrupamento de Escolas da Mealhada e membro da sua direção com a pasta do 1.º Ciclo do Ensino Básico, Dr. Paulo Lindo, e a nossa colega professora bibliotecária do Agrupamento, já reformada, Dr.ª Fernanda Cabral. A organização agradece muito o trabalho eficaz realizado pelos jurados.

Pretendia-se escolher os três representantes para a fase seguinte do CNL, a intermunicipal, que se realizará na Mealhada no dia 24 de abril próximo.

Os representantes apurados são:

  • Maria Pedro, da EB de Barcouço
  • Tiago Alves, da EB Mealhada
  • Beatriz Rodrigues, da EB Mealhada

Os restantes participantes foram:

  • da EB Antes – Rafaela Dias
  • da EB Casal Comba – Lucas Duarte
  • da EB Luso – David Guilherme
  • da EB Mealhada – Martim Silva
  • da EB Pampilhosa – Clara Silva
  • da EB Pampilhosa – Luana Almeida

A organização presta homenagem aos professores das turmas envolvidas pelo nível de preparação dos alunos. A prova para apurar estes concorrentes envolveu todos os alunos do 4.º ano do Agrupamento, constando de uma prova com 40 questões com respostas de escolha múltipla. Podemos garantir que não houve resultados abaixo de 28 pontos e até se verificaram empates com 40 pontos em que se recorreu a um segundo critério para apuramento do representante da turma. Temos de ter em conta que há alunos com dificuldades na leitura e outros que frequentam o ensino português há pouco tempo e cuja língua materna não é o português. Além disso, em 3 casos, houve quem deixasse páginas do questionário por responder, naturalmente por distração. Por estes motivos todos, estamos satisfeitos com a prestação dos alunos envolvidos, pela colaboração e empenho demonstrados, e pela colaboração dos nossos colegas professores das turmas do 4.º ano.

Por fim, mas não menos importante, agradecemos a presença dos familiares que acompanharam os alunos, já que a família é a base emocional estável que permite depois à escola e às bibliotecas fazerem o seu trabalho.

Solidariedade com a Ajudaris

ajudaris

(clicar na imagem)

Na sexta-feira que passou, na Biblioteca Municipal, foi apresentado o livro publicado pela associação Ajudaris onde foram publicados textos de alunos das escolas do Luso e Casal Comba do Agrupamento de Escolas.

O evento contou com a presença da diretora e fundadora da Ajudaris, Rosa Mendes, que encerrou a sessão. Antes, houve a atuação de um grupo de alunos da EB do Luso, que fez uma pequena dramatização da história que desenvolveram na turma, uma segunda atuação musical do grupo de alunos da EB de Casal Comba e foi passado um pequeno vídeo de produção escolar.

No final, houve sessão de autógrafos e um pequeno lanche.

A equipa das Bibliotecas Escolares do Agrupamento saúdam as professoras que se envolveram na atividade e que conseguiram dinamizar os alunos. Salientamos também a adesão sincera e entusiástica dos alunos envolvidos.

Agradecemos a disponibilidade do espaço cedido pela Biblioteca Municipal.

Concurso Nacional de Leitura 2020

cnl 2020 prova 4.º anoB

biblioteca_verticalRBM_vermelho bordeaux_150ppi

 

 

 

 

 

 

A Rede de Bibliotecas da Mealhada está a levar a cabo as fases de escola e municipal do Concurso Nacional de Leitura 2020.

Os alunos do 4.º ano de escolaridade realizaram as provas a nível de escola na semana passada e o aluno mais bem classificado em cada turma irá participar no dia 1 de fevereiro de 2020, pelas 10:00 horas, na Biblioteca Municipal da Mealhada numa sessão de nível municipal.

O Concurso Nacional de Leitura vai na 14.ª edição e pretende celebrar a leitura e a escrita de forma universal e significativa.

Da responsabilidade do Plano Nacional de Leitura 2027, articula-se com a Rede de Bibliotecas Escolares, com a Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas, com o Camões – Instituto da Cooperação e da Língua , com a D-G de Administração Escolar/Direção de Serviços de Ensino e das Escolas Portuguesas no Estrangeiro, com a Rádio Televisão Portuguesa e com a Câmara Municipal de Oeiras, onde se realizará a fase nacional.

Nesta fase municipal serão apurados os representantes das escolas do concelho à terceira fase, a intermunicipal, que acolherá os alunos da Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra e que se realizará na Mealhada.

A Rede de Bibliotecas da Mealhada reúne a Biblioteca Municipal, as 7 bibliotecas escolares do Agrupamento de Escolas e a biblioteca da Escola Profissional.

Portal dos museus de Paris cede imagens

museus paris

O portal dos Museus de Paris, que associa a informação de uma série de grandes museus da cidade capital de França, dá acesso a milhares de imagens do acervo das diversas instituições, de forma gratuita e acompanhadas de informação de cada obra reproduzida. As imagens têm todas uma muito boa definição, permitindo assim uma reprodução de qualidade.

Também a Biblioteca Nacional de França tem uma secção que fornece documentos fantásticos, cuja fonte é a sua vastíssima colecção, com o nome de Gallica, a funcionar há muitos anos.