Portal dos museus de Paris cede imagens

museus paris

O portal dos Museus de Paris, que associa a informação de uma série de grandes museus da cidade capital de França, dá acesso a milhares de imagens do acervo das diversas instituições, de forma gratuita e acompanhadas de informação de cada obra reproduzida. As imagens têm todas uma muito boa definição, permitindo assim uma reprodução de qualidade.

Também a Biblioteca Nacional de França tem uma secção que fornece documentos fantásticos, cuja fonte é a sua vastíssima colecção, com o nome de Gallica, a funcionar há muitos anos.

Um livro, um filme

Raposas-de-Fogo

Raposas de Fogo

de Joyce Carol Oates.

Estado de Nova Iorque, 1953, um bairro de operários numa pequena cidade.

Numa cultura pós-guerra violenta e controlada pelos homens, um grupo de raparigas adolescentes forma uma irmandade de sangue: as Raposas de Fogo. Uma sociedade secreta, um gangue feminino, com uma chama tatuada no ombro de todos os membros. Pernas, Maddy, Lana, Rita e Goldie não aceitam mais ser humilhadas e descriminadas por serem pobres e por serem raparigas. Lideradas pela intrépida Pernas, as raparigas procuram vingança e tentam alcançar o seu sonho utópico: viverem de acordo com as suas regras e leis. Mas há um preço a pagar…

Uma romance premiado que deu origem a um filme:

FOXFIRE – RAPOSAS DE FOGO – CONFISSÕES DE UM GANG DE RAPARIGAS trailer from Midas Filmes on Vimeo.

Clássico da literatura distópica

admiravel

Admirável Mundo Novo

de

Aldous Huxley

)xxx(

Tradução

Mário-Henrique Leiria

Aldous Huxley: escritor inglês nascido a 26 de Julho de 1864, no Surrey (Inglaterra), e falecido a 22 de Novembro de 1963, em Los Angeles (EUA). Neto do biólogo Thomas Henry Huxley e filho do escritor Leonard Huxley, estudou em Eton e formou-se no Balliol College de Oxford em 1916.
As personagens principais dos seus primeiros livros, como Crome Yellow (1921), Antic Hay (1923), Those Barren Leaves (1925) e Point Counter Point (1928), são geralmente intelectuais e escritores, traçando-se o retrato por vezes irónico e satírico das suas pretensões e desilusões. A partir deste tema, Huxley alarga-se para o tema maior do vazio da sociedade do século XX em livros como Brave New World (Admirável Mundo Novo, 1932). Posteriormente, interessou-se pelo misticismo e pela filosofia hindu: Eyeless In Gaza (1936) e The Perennial Philosophy (1946).
Em 1954 publicou The Doors of Perception, onde relata as suas experiências com a mescalina.

Nesta obra, o autor cria uma sociedade que, devido à procura incessante da perfeição, rende-se à tecnologia e à ciência. Tenta assim abolir tudo aquilo que nos torna humanos.

Futura série (2020): IMDB


A sociedade justa

teoria justica

 

Uma Teoria da Justiça

por John Rawls

 

Publicada em 1971, é a obra que mais marcou a filosofia política do século XX. É por isso um texto incontornável nesta área do saber, e nele o autor propõe um itinerário para a descoberta e fundamentação racional dos princípios que devem reger a sociedade justa com base numa argumentação que se situa na confluência de duas correntes culturais distintas: a do utilitarismo e a das teorias do contrato social.