As cotas e a arrumação da colecção

 

Quando se começou a generalizar a existência de bibliotecas de livre acesso, como é o caso da nossa, notou-se que também era possível utilizar esta tabela para arrumar os documentos nas estantes de forma lógica para o utilizador e para os serviços. A Classificação Decimal Universal passou também a ser uma forma de fazer a cotação.

Significa isto que a Classificação Decimal Universal é, ao mesmo tempo, uma forma de classificar o tema ou temas de cada documento depositado na biblioteca e uma maneira de arrumar a colecção de forma lógica nas estantes.

Exemplo de uma cota da edição de A.H. Oliveira Marques, História de Portugal:

94

(469)

MAR h

  • A classe 9 inclui o assunto “História” a que corresponde a subclasse 94.
  • A seguir acrescentou-se o auxiliar de tempo (469) que significa Portugal, especificando-se um âmbito mais restrito do tema.
  • Os restantes elementos são convencionados pela biblioteca para arrumar os documentos por ordem alfabética e corresponde às primeiras 3 letras do apelido do autor (MAR de Marques) e à primeira letra do título (h de História).

cota