Tipos de bibliografia


O termo bibliografia pode ser aplicado em duas situações diferentes, embora o produto final acabe por ser o mesmo: como obra autónoma ou integrada num trabalho de pesquisa.

1.  Bibliografia como obra autónoma:

Trata-se de uma lista de referências bibliográficas recolhidas e reunidas tendo em conta um determinado critério comum (assunto, data de publicação, autor, etc.). Resulta numa obra autónoma, isto é, adquire um valor próprio e não vale por estar associado a um qualquer trabalho de pesquisa específico.

Antigamente, as bibliografias eram fundamentais no trabalho de investigação, uma vez que forneciam informação sobre os documentos existentes. Havia bibliografias sobre determinado assunto ou tema, de um determinado autor, de um determinado ano (ou década, etc), de um determinado país (ou numa língua), por aí fora. Hoje, talvez já não tenham a mesma importância, uma vez que dispomos de poderosas bases de dados e meios informáticos para elaborar automaticamente listagens de documentos em muito pouco tempo, mas continua a ser importante saber fazê-lo. É um trabalho que exige um elevado nível de coerência e de rigor, porque determina em grande parte o êxito de um trabalho de pesquisa.

2. Bibliografia integrada num trabalho de pesquisa:

Trata-se da listagem das referências bibliográficas de todo o material informativo que foi utilizado para a elaboração de um determinado trabalho pelo respectivo autor, em qualquer suporte.

Deverá ser apresentado em forma de lista na parte final de um trabalho de investigação.

É de tal modo importante este elemento que, muitas vezes, um trabalho começa por ser avaliado precisamente pela bibliografia, antes mesmo de se proceder à leitura do texto.

Situações a evitar:

  • Não citar uma determinada referência considerada essencial no estudo de um assunto (por não tiver sido consultada ou por outra razão).
  • Juntar referências de publicações que não se utilizou, mesmo que sejam conhecidas por via indirecta.
  • Juntar referências de publicações que pouco tenham a ver com o tema.
  • Autocitação excessiva, isto é, citar a sua própria obra, no caso em que se tenha uma, claro. Pode significar, para além de exibicionismo, que se consultou poucas fontes de informação.

A forma de se elaborar uma referência bibliográfica está normalizada em Portugal, embora a maioria dos investigadores a ignorem.

     

     

     


    3 Responses to “Tipos de bibliografia”

    1. 1 landgraff

      a biografia é muito legal
      eu gosto muito de aprender esses tipos de biografia
      eu estudo no sesi


    Deixar uma resposta

    Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

    WordPress.com Logo

    Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

    Imagem do Twitter

    Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

    Facebook photo

    Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

    Google+ photo

    Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

    Connecting to %s


    Seguir

    Get every new post delivered to your Inbox.

    Junte-se a 375 outros seguidores

    %d bloggers like this: