Livro sobre as regiões vinhateiras.

terra

“Territórios Vinhateiros de Portugal” é uma edição que assinala os 10 anos da Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV) e que apresenta em 360 páginas a riqueza e a diversidade do património cultural, natural e arquitetónico de todos os seus municípios associados.

O livro está ordenado pelas Regiões Vitivinícolas, revelando o imenso património que o país possui, desafiando o leitor “a conhecer e usufruir da beleza e da riqueza dos nossos territórios vinhateiros”.

 

A AMPV foi a coordenadora deste projeto, que reúne os seus 77 municípios associados e principais entidades parceiras, nomeadamente a Recevin (Rede Europeia das Cidades do Vinho), ARVP (Associação das Rotas dos Vinhos dePortugal), Aenotur (Associação Internacional de Enoturismo), Federação Portuguesa de Turismo Rural, Associação Città del Vino, IterVitis — Os Caminhos da Vinha na Europa e Retecork (Rede Europeia dos Territórios Corticeiros).

São também apresentados os principais projetos da AMPV, como a Cidade do Vinho, a Rainha das Vindimas Nacional, o Dia Europeu do Enoturismo, a Rede de Museus Portugueses do Vinho ou as Aldeias Vinhateiras de Portugal.

Foi uma oferta da Câmara Municipal da Mealhada, o que muito agradecemos.

 

 

Anúncios

Energias Renováveis: novo livro

00000243615

Recebemos de oferta da Biblioteca Municipal da Mealhada este livro sobre Energias Renováveis.

Trata-se de uma publicação que aborda muitas questões sobre TODAS as áreas das Energias Renováveis, com uma linguagem clara e concisa, em Português e em Inglês, por mais de 300 páginas.

É profusamente ilustrado com imagens, infografias, esquemas e gráficos no complemento da informação.

O livro foi desenvolvido em parceria com as mais diversas personalidades, de instituições públicas e privadas que mais se destacam na área das Energias Renováveis em Portugal.

Caracterização dos professores portugueses

Saiu no jornal digital “Observador” um artigo escrito por uma especialista em análise de dados sobre a percepção que os professores têm de si e da sua profissão, da que têm os alunos, assim como a dos Encarregados de Educação.

Um extracto:

Muito se especula sobre como os professores estão desgastados e envelhecidos, como têm de lidar com indisciplina e ensinar tudo, desde boas-maneiras aos mais elaborados conceitos académicos. No entanto, temos a tendência para apenas olhar para o pequeno mundo à nossa volta, ignorando a imagem mais alargada de uma classe profissional a que ninguém é indiferente. (…)

Portugal é o país da Europa em que os alunos mais reconhecem os professores como competentes, atentos e dedicados à profissão. (…) A Finlândia, caso de sucesso na educação, parece ter mais problemas no reconhecimento dos professores (…).

Leia tudo em:

profs01