Morreu Hans Rosling

88407_800x600

notícia do publico-pqno

«Era quase sempre apresentado como um guru da visualização estatística ou alguém capaz de tornar os números algo divertido. Ou, como escreve o Guardian, o homem que “fazia os números cantar”. O académico, médico e estatístico sueco Hans Rosling morreu nesta terça-feira, aos 68 anos, anunciou o filho, Ola. (…)

(…) ligação especial de Hans Rosling a Portugal, porque falava português (…)

“Ele alertou para um paradoxo português. Tivemos uma evolução enorme na esperança média de vida e, ao mesmo tempo, somos do ponto de vista económico um país frágil”, conta David Lopes, prosseguindo. “Tentou interpretar estes dados e disse: ‘ou vocês têm um estilo de vida extraordinário, com o clima e a gastronomia a ajudarem, ou então têm um Serviço Nacional de Saúde muito bom. Ou então são as duas coisas’”, recorda David Lopes, acrescentando que a resposta é mesmo “as duas coisas”.

Sublinhando que Hans Rosling também deixou um outro alerta sobre o caso português – “a nossa taxa de fecundidade é uma das mais baixas do mundo e ele deixou um aviso de bastante preocupação” – David Lopes não hesita em responder que a obra e visão deste estatístico sueco terão continuidade, um pouco por todo o mundo.»

Anúncios

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s