Portugal, a Flor e a Foice de Rentes de Carvalho

flor foice

Portugal, a Flor e a Foice, publicado originalmente em holandês e inédito em Portugal, foi escrito em 1975, em cima dos acontecimentos que se sucederam após o 25 de abril de 1974 e que eram acompanhados com atenção na Europa e em muitas partes do resto do Mundo.

Trata-se da observação pessoal que um português culto e estrangeirado faz do seu país em mudança.
Nesta apreciação aguda e de tom sempre crítico, todos os mitos da História Portuguesa são questionados: o Sebastianismo, os Descobrimentos, Fátima, a Monarquia, a Igreja, o antigo regime mas também, e sobretudo, o 25 de Abril.

Com acesso a círculos restritos nos anos que antecederam e sucederam a Abril de 1974 e a documentos ainda hoje classificados, J. Rentes de Carvalho faz uma História alternativa da Revolução e das suas figuras de proa, em que novos factos e relações de poder se conjugam num relato sui generis, revelador e, no mínimo, desconcertante.

Críticas:

Blogues: Antologia do esquecimento e Bolas e letras e Diário do purgatório

Documentos vídeo e áudio:

Ana Daniela Soares conversa com Rentes de Carvalho | 20 Mar, 2014 áudio

J. Rentes de Carvalho convidado de Luís Caetano | 15 Mar, 2014 áudio

“Portugal, a Flor e a Foice” de J. Rentes de Carvalho apresentado por Henrique Monteiro (22.03.2014)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s