“Submissão” de Michel Houellebecq

submissao-1

Houellebecq, nesta sua obra muito polémica, faz um exercício de ficção prospetiva, tendo por base um tema tabu mas de grande pertinência nas sociedades europeias de hoje: a putativa e imperceptível islamização destruidora da nossa identidade secular.

Acontece que esta obra foi lançada na semana do ataque terrorista à redacção do Charlie Hebdo, há mais ou menos um ano. A primeira página da edição desta publicação nessa semana fatídica mostrava uma caricatura do autor e nas páginas interiores atribuía-se-lhe uma intenção islamofóbica, embora houvesse também uma crítica elogiosa por parte de um colaborador do jornal, por sinal uma das vítimas dos terroristas.

Volvido este tempo, o que parecia ser um mero romance provocatório que ficciona uma França em 2022, tornou-se numa espécie de premonição para muitos, tendo em conta os ataques a Paris e a imigração de centenas de milhares de refugiados.

O livro passou a ser lido com muito mais atenção.

Duas críticas:

JAN LE BRIS DE KERNE, tradução do artigo publicado no Público

José Mario Silva, no semanário Expresso: provocação falhada.

Mas há muitas mais.

 

 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s