A Dama Negra da Ilha dos Escravos

dama negra

A Dama Negra da Ilha dos Escravos
Memórias de Dona Simoa Godinha
de Ana Cristina Silva
Presença

OPINIÃO

Plano Nacional de Leitura
Livro recomendado para a Formação de Adultos, como sugestão de leitura – Grau de Dificuldade II.

Da autora de As Fogueiras da Inquisição, um romance histórico magnífico que retrata uma personagem fascinante de São Tomé do século XVI.

A personagem central deste romance, D. Simoa Godinho, é uma das figuras históricas mais intrigantes e misteriosas da Lisboa do século XVI. Tendo nascido em S. Tomé, no seio de uma família rica de fazendeiros, acabaria mais tarde, já casada com o fidalgo Luís de Almeida, por vir viver para a capital do reino, onde viria a expressar o seu carácter profundamente humano através de inúmeras obras de solidariedade, nomeadamente junto da Misericórdia. Ficamos a conhecer toda a sua vida – a infância e juventude no exotismo de S. Tomé, a paixão por Luís de Almeida, a sua influência na sociedade lisboeta da época neste romance soberbo que tão bem soube captar as múltiplas nuances desta personalidade que tem apaixonado sucessivas gerações de historiadores