Literacia digital

O blogue “sobre literacia digital” tem como objectivo mostrar como resolver problemas na utilização diária da internet, usando exemplos e situações reais e divulgando técnicas, dicas e truques,tendo como meta ajudar a aumentar o nível de literacia digital e de cidadania digital

O blogue aborda pesquisa de informação,recolha de pistas digitais,avaliação de fontes,avaliação de resultados, avaliação de credibilidade, avaliação de qualidade/fiabilidade e avaliação de riscos.

É editado por Ricardo Nuno Silva e funciona desde Abril de 2011.

O ALIQUID NOVI vai manter na barra do lado direito uma hiperligação para o blogue.

Anúncios

CONCURSO DE BANDA DESENHADA* AVENIDA MARGINAL – “Sede de Criar!”

(para mais informações clicar na imagem)

O Concurso Avenida Marginal (segunda edição) é uma iniciativa que fomenta a criatividade e o intercâmbio cultural.

É dirigido a todos os cidadãos portugueses interessados pela arte da Banda Desenhada (HQ) e este ano, também a todos os cidadãos brasileiros e dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP).
Todos os trabalhos redigidos em português serão aceites, mesmo os que ainda não façam uso das novas regras.
O tema desta edição é livre, de forma a estimular a criatividade no ato de contar uma história.
Encoraja-se o recurso ao desenho e/ou outras técnicas de expressão artística analógica ou digital (ex.: fotografia, pintura, etc.).
Os concorrentes são desafiados a contar uma história, um momento, um pensamento, um conceito ou uma tradição, recorrendo a uma única prancha.
Trabalhos selecionados farão parte de uma exposição coletiva que integrará o Festival Internacional de Banda Desenhada de Beja, organizado pela Bedeteca de Beja e terão ainda exposição virtual no sítio do Concurso Avenida Marginal.

A Guerra dos Tronos

(CLICAR NA IMAGEM)

A Guerra dos Tronos

George R. R. Martin

O primeiro volume de As Crónicas de Gelo e Fogo, a melhor série de fantasia da actualidade.

Quando Eddard Stark, lorde do castelo de Winterfell, recebe a visita do velho amigo, o rei Robert Baratheon, está longe de adivinhar que a sua vida, e a da sua família, está prestes a entrar numa espiral de tragédia, conspiração e morte. Durante a estadia, o rei convida Eddard a mudar-se para a corte e a assumir a prestigiada posição de Mão do Rei. Este aceita, mas apenas porque desconfia que o anterior detentor desse título foi envenenado pela própria rainha: uma cruel manipuladora do clã Lannister. Assim, perto do rei, Eddard tem esperança de o proteger da rainha. Mas ter os Lannister como inimigos é fatal: a ambição dessa família não tem limites e o rei corre um perigo muito maior do que Eddard temia! Sozinho na corte, Eddard também se apercebe que a sua vida nada vale. E até a sua família, longe no norte, pode estar em perigo.

Uma galeria de personagens brilhantes dá vida a esta saga. Entre eles estão o anão Tyrion, a ovelha negra do clã Lannister; John Snow, um bastardo de Eddard Stark que, ao ser rejeitado pela madrasta, decide juntar-se à Patrulha da Noite, uma legião encarregue de guardar uma imensa muralha de gelo a norte, para lá da qual cresce uma assustadora ameaça sobrenatural ao reino. E ainda a princesa Daenerys Targaryen, da dinastia que reinou antes de Robert Baratheon, que pretende ressuscitar os dragões do passado e, com eles, recuperar o trono, custe o que custar.

BLOGUE LER VER OUVIR

A Guerra dos Tronos é a mais importante obra de fantasia desde que Bilbo encontrou o Anel.”
-SF Reviews.net

“George R. R. Martin apresenta um mundo vibrante e real, personagens soberbamente construídas, enredos complexos mas coerentes, descrições de cortar a respiração e uma prosa muito acima daquilo a que o género nos habituou.”
-Amazon.com

“Agarra-nos e nunca mais larga. Brilhante!
-Robert Jordan

“Martin tem a capacidade de nos arrebatar de uma forma que os outros autores de fantasia não conseguem, talvez porque também não tenham a sua capacidade para desenvolver personagens. Seja nas sangrentas cenas de batalhas ou nos retratos íntimos dos laços familiares, A Guerra dos Tronos possui uma força crua e emocional que não nos deixa indiferentes. Martin também dispensa todos os clichés tolkianos, como elfos, espadas mágicas e dark lords, focando-se antes em pessoas reais e apenas sugerindo o sobrenatural. Acredite: A Guerra dos Tronos é a mais importante obra de fantasia desde que Bilbo encontrou o Anel.”
-SF Reviews.net

“A Guerra dos Tronos é a obra-prima da fantasia moderna e reúne o que de melhor o género tem para oferecer: magia, mistério, intriga, romance e aventura.”
-Locus

“A melhor fantasia dos últimos 50 anos.”
-The Denver Post

Dez razões pelas quais ‘A Guerra dos Tronos’ é (muito) melhor do que ‘O Senhor dos Anéis’

Como se fez “A Guerra dos Tronos”

David Benioff e D.B. Weiss, os criadores de “A Guerra dos Tronos”, série que estreou no canal Syfy, falam em discurso direto sobre o desafio que foi adaptar a saga épica de George RR Martin à televisão.