Novidades: filmes

“A Missão” constituiu um grande êxito na sua estreia.

Conta uma história em que entram portugueses e espanhóis, da época em que reinava D. José I e mandava Marquês de Pombal. Os dois Impérios ibéricos disputavam um território  que hoje constitui uma zona fronteiriça entre o Brasil, a Argentina, o Uruguai e o Paraguai. Por aí. Só que viviam lá povos indígenas (Guaranis) e o filme aborda o efeito que os interesses coloniais puseram em causa o modo de vida e a sobrevivência destas pessoas

Não é muito simpático para com os portugueses de então e da colonização ibérica daquelas paragens.

 

Outro tremendo êxito.

Este é um filme sobre relações entre pessoas, algumas adultas, outras adolescentes, de encontros e desencontros de gente à procura de amor. Entre outras coisas.

 

 

Um grande filme de guerra, um dos melhores alguma vez feito sobre o assunto. Aqui se mostra o dilema que a guerra produz nos que nela se vêm envolvidos, a noção de dever e de sacrifício. Conta a história da conquista da ilha de Iwo Jima pelos americanos na II Guerra Mundial, mas tendo essencialmente o ponto de vista dos japoneses.

 

 

Dois filmes franceses sobre o amor (e a paixão) e as opções que nos leva a tomar.

 

A obra “O Delfim” é inspirado no livro homónimo de José Cardoso Pires e traduz de forma muito competente a ideia principal: uma visão do Portugal do final da Ditadura.

O livro é uma das obras primas da literatura portuguesa e há na biblioteca um exemplar para empréstimo.

Vale a pena ler o livro e ver o filme.

 

Um clássico do cinema dos anos 70 do século XX, uma sátira ao modo de vida dos subúrbios das grandes cidades americanas.

 

 

Um excelente filme de Woody Allen, passado no tempo da Grande Depressão dos anos 30, em que uma mulher, para fugir a um quotidiano violento e miserável, assiste vezes sem conta ao mesmo filme e, um dia, algo de extraordinário acontece.

Se o visioanrem, verão que muitas situações  têm algum paralelismo com os tempos que vivemos.

 

 

Uma comédia muito original e inteligente, com excelentes actores. Descubram porquê.

 

 

 

 

Advertisements

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s